PETROBRAS (PETR4) realiza reajustes na gasolina das refinarias

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

A Petrobras anunciou ao mercado que vai aumentar em 8%, na média, o preço da gasolina nas refinarias, mas por conta das ameaças de uma nova greve dos caminhoneiros, a cia optou por não mexer, por ora, no diesel.

Mesmo diante do reajuste da gasolina, importadores voltaram a acusar a estatal de manter os preços abaixo da paridade internacional.

Segundo a Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom); o aumento de R$ 0,15 do produto reduzirá pela metade – mas não o suficiente – a defasagem do derivado. No diesel, a diferença é de R$ 0,28.

Impacto: Marginalmente Positivo. Por mais que a companhia tenha anunciado os reajustes, ainda a acusaram de manter os preços abaixo da paridade internacional. A prática de preços da estatal atinge os agentes do mercado em intensidade e forma diferentes, segundo a capacidade logística e escala de cada um deles. A Abicom é o ator mais vocal nas críticas aos “preços predatórios” da estatal, mas algumas distribuidoras menores também se queixam.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também

Conheça o Painel Acionista: em um só lugar tudo o que você precisa saber sobre investimentos