Petrobras aguarda autorização da ANP para avançar com diesel vegetal

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Receba notícias por Whatsapp

Receba notícias pelo Telegram

A Petrobras está em fase final de desenvolvimento da tecnologia que permitirá a produção de óleo diesel de origem vegetal em suas refinarias, afirmou o diretor de Relacionamento Institucional da estatal, Roberto Ardenghy, em conferência virtual promovida pela agência de notícias Epbr.

“Estamos aguardando autorização da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustívies) para produzir diesel de origem vegetal de qualidade. Estamos buscando alternativas mais limpas dentro do processo que conhecemos”, disse o executivo.

Ao iniciar sua fala, Ardenghy criticou projetos adotados no governo do PT na área de biocombustíveis. Ele argumenta que esse tipo de negócio não está inserido no foco de atividade da companhia, que são a produção de petróleo, gás natural e seus derivados.

Nesta semana, a companhia petrolífera divulgou ao mercado o início do processo de privatização da sua subsidiária Petrobras Biocombustível, a PBio. O desinvestimento inclui três usinas de biodiesel, e exclui as participações societárias da PBio na BSBios (50%) e na Bambuí Bioenergia (8,4%).

“Estamos olhando o nosso destino e o que realmente nos afeta e conhecemos. A Petrobras jamais será competente na geração de biodiesel e etanol. Mas somos muito competentes em desenvolver tecnologia de diesel vegetal”, afirmou.

Na conferência virtual, a estatal informou ainda que planeja reduzir em 32% a emissão de carbono nas operações de exploração e produção de petróleo e gás até 2025. “O pré-sal tem um excelente perfil de carbono”, acrescentou Viviana Coelho, gerente de Emissões e Mudanças no Clima da Petrobras, que também participa do evento.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também

Publicidade

Leia também

Destaques da bolsa ativos durante o pregão - das 10h as 17h - Fonte: Google Finance - delay aprox. de 20 min.

*Dados inativos fora do horário do pregão.

Utilize o cupom:

ACIONISTA20

Para garantir um grande desconto