Perdeu o emprego, a renda diminuiu? Guia prático para lidar com a nova realidade financeira.

A crise gerada pela Covid-19 já afetou a renda de metade dos brasileiros, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Locomotiva no início do mês de abril. Ainda segundo o levantamento, 16% dos trabalhadores foram dispensados temporariamente e 57% afirmam que suas empresas ou negócios não estão funcionando durante a quarentena.

Muitos foram pegos de surpresa e nem sequer tinham uma reserva de emergência para se manter durante esse período crítico.

O que fazer então com essa nova realidade financeira?

1 – Entenda o real impacto na sua renda

O primeiro passo é entender o real impacto na sua renda. Ela foi diminuída? Qual o percentual de diminuição? Por quanto tempo você receberá sua renda a menor?

Existe ainda um outro cenário. Você foi demitido? Já recebeu as verbas rescisórias? Terá direito ao seguro desemprego?

Agora que você já conhece sua nova renda, partiremos para o segundo passo deste guia.

2 – Analise todas as suas dívidas

Agora é a hora de fazer um levantamento minucioso das suas dívidas. Pegue papel e caneta, ou computador se preferir. Anote tudo. Valor, data de vencimento, qual percentual de juros se for pagar em atraso.

Coloque-as em ordem de prioridade, por exemplo cartão de crédito que tem juros mais altos. Dividas com garantia, como financiamento da casa e do carro.

Busque informação pois algumas dívidas tiveram seus vencimentos adiados por até 60 dias durante esse período de crise.

3 – Tente renegociar

Se depois de feito o levantamento da sua nova renda e analisado todas as suas dívidas, você verificar que não vai conseguir honrar com todos os pagamentos, busque renegociar.

Procure o credor e faça uma proposta que caiba no seu bolso. Não adianta renegociar de qualquer forma e depois não conseguir manter os demais pagamentos.

4 – Redefina prioridades

O momento atual é de priorizar o que realmente é essencial e indispensável. Faça um levantamento de todos os seus gastos e veja o que pode ser cortado ou reduzido.

Veja alguns exemplos de pessoas que estão passando por essa situação de diminuição de renda:

Reduzir supermercado; cancelar internet para dividir com a do vizinho; parar de comer carne vermelha; suco só de limão e do quintal; cancelar academia; cozinhar em casa; parar de pedir comida fora; parar de pagar tarifa mensal do banco optando pelo pacote de serviços essenciais.

São nos momentos de crise que nos reinventamos. Aproveite essa oportunidade e busque se educar financeiramente, mesmo que as duras penas.

Abraço e até breve!

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Leia também