Publicidade
Publicidade
Publicidade

ONS: Aumento de demanda de energia pode agravar situação de reservatórios

Data da publicação

“O Estado de S. Paulo” é o mais antigo dos jornais da cidade de São Paulo ainda em circulação . Em 4 de janeiro de 1875, ainda durante o Império, circulava pela primeira vez “A Província de S. Paulo” – seu nome original.

Data da publicação

A perspectiva de aumento no consumo de energia nos próximos meses, puxado pelos setores do comércio e serviços, associada a uma perspectiva mais “realista” sobre a quantidade de usinas termelétricas efetivamente disponíveis para geração de energia, devem levar os reservatórios próximo ao limite em meados de novembro, quando termina o período seco no País. Segundo o Operador Nacional do Sistema (ONS), o impacto maior seria nos subsistemas Sul e Nordeste.

Além do crescimento da demanda pelos setores do comércio e serviços, a manutenção do ritmo elevado das indústrias, principalmente daquelas voltadas para a exportação, elevaram a perspectiva de demanda de energia para os próximos meses, diz a nota técnica emitida nesta quinta-feira, 22, pelo ONS.

Publicidade

Os dados sobre a disponibilidade de térmicas também foram revisados, já que as usinas podem estar indisponíveis por diferentes motivos. “Neste estudo prospectivo foi considerada uma disponibilidade termelétrica reduzida em comparação àquela considerada nos estudos anteriores, porém mais realista caso as ações no sentido de aumento da disponibilidade energética não alcancem o resultado esperado.”

Diante do cenário, o ONS apresentou uma série de recomendações para atenuar as consequências da escassez de água. Entre elas a avaliação, em conjunto com a Agência Nacional de Águas e Saneamento (Ana), do uso de reservatórios das hidrelétricas das bacias do Rio Grande e do São Francisco para garantir o fornecimento de energia no País e a aplicação de medidas para aumentar a disponibilidade de energia termelétrica.

Essas medidas, diz a nota, incluem a antecipação, em alguns meses, da entrada em operação de termelétrica GNA I, localizada em São João da Barra (RJ) e movida a gás natural. As sugestões incluem ainda o “gerenciamento de manutenções programadas” de térmicas e o aumento da contratação de energia de térmicas Merchant (ou seja, que não possuem contrato fixo de geração e, por isso, são mais caras) e a ampliação da importação de energia do Uruguai e da Argentina.

Autor

“O Estado de S. Paulo” é o mais antigo dos jornais da cidade de São Paulo ainda em circulação . Em 4 de janeiro de 1875, ainda durante o Império, circulava pela primeira vez “A Província de S. Paulo” – seu nome original.

Receba informações do mercado financeiro no seu celular gratuitamente

Compartilhe esse post nas suas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Você pode se interessar por

Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Publicidade

Telegram Acionista

Os principais destaques do mercado! A melhor cobertura.

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.