O que é o PIX e como ele vai impactar sua vida financeira

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Receba notícias por Whatsapp

Receba notícias pelo Telegram

PIX

O Pix é um meio de pagamento instantâneo. Ele foi criado para prover à sociedade um sistema de pagamento moderno. Assim como existe hoje o Ted/Doc, boletos bancários e cartões de débito e crédito, o Pix vem com o intuito de agilizar e baratear essas transações.

Para compreender melhor esse novo meio de pagamento, separei as 7 características principais do Pix:

VELOCIDADE – As transações são feitas em tempo real, levando até 10 segundos para receber o valor em conta;

DISPONIBILIDADE – Os pagamentos instantâneos poderão ser realizados 24 horas por dia, todos os dias, incluindo finais de semana e feriados;

SEGURANÇA – Serão utilizados meios inovadores e seguros para autenticação digital, como biometria e reconhecimento facial;

COVENIÊNCIA – Experiencias facilitadas para o usuário. De forma rápida e em poucos passos;

MULTIPLICIDADE DE CASOS DE USO – Não serão apenas transferências entre os usuários, mas será possível também pagamento de bens e serviços em estabelecimentos comerciais, pagamento de contas, de tributos, de conveniados como água, luz, telefone;

INFORMAÇÕES AGREGADAS – Informações importantes poderão vir junto com os pagamentos;

AMBIENTE ABERTO – Várias instituições financeiras e de pagamentos vão oferecer o Pix.

O Pix estará disponível e em funcionamento a partir do dia 16 de novembro de 2020. Para ter acesso ao Pix é necessário possuir uma conta transacional (conta corrente, conta poupança ou conta de pagamento). Mas, antes de começar a utilizar é preciso se cadastrar junto a sua instituição financeira, gerando uma chave Pix, que poderá ser o numero do seu telefone, ou seu e-mail, ou ainda CPF ou CNPJ, a partir de 05 de outubro. Se você possuir conta em mais de um banco, precisará cadastrar uma chave diferente para cada uma delas.

Após todo o processo realizado, quem quiser fazer um pagamento para você só vai precisar fazer uma busca no sistema com a chave que você informou. Além da chave Pix, ainda existirá a opção do QR Code. Que poderá ser estático (já está definido no aplicativo) ou dinâmico (gerado sempre ao final de cada transação).

 Como o Pix afetará sua vida financeira?

O impacto do Pix será positivo, pois não haverá cobrança de tarifa para pessoa física. Nem para quem envia e nem para quem recebe. Hoje o custo de envio de Ted ou Doc pode chegar até R$ 20,00 dependendo da instituição onde você possui conta. Além do custo para emissão de boletos e tarifas com cartão de crédito.

Já para as instituições financeiras será cobrado R$ 0,01 a cada 10 transações.

Para as empresas o custo será muito menor, além de o recebimento ser imediato, em comparação ao meio de pagamento de cartão de credito e debito.

Por fim, o Pix vem para trazer aumento da competitividade entre as instituições financeiras de pagamento, melhorando a oferta para o consumidor final.

Fique atento as datas e faça seu cadastro.

Até breve!

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Publicidade

Leia também

Destaques da bolsa ativos durante o pregão - das 10h as 17h - Fonte: Google Finance - delay aprox. de 20 min.

*Dados inativos fora do horário do pregão.

A temporada para ganhar dinheiro com ações está chegando