Publicidade
Publicidade
Publicidade

O que é IFIX e como funciona? Saiba tudo sobre o principal índice dos fundos imobiliários

Data da publicação

Categoria

Matérias por 1Bilhão – Educação Financeira; Fabrizio Gueratto; e Gueratto Press.

Destaques

Categoria

Data da publicação

O índice de Fundos de Investimentos Imobiliários, mais conhecido como IFIX, representa o indicador mais importante para aplicações desse setor. Afinal, ele direciona a performance dos principais fundos existentes na Bolsa de Valores (B3).

Sendo assim, compreender o IFIX é um fator fundamental aos investidores desse segmento, dado que é uma maneira de acompanhar o desempenho dos fundos. Logo, podem surgir boas oportunidades através dele.

Isso porque o mercado de Fundos Imobiliários (FIIs) é considerado uma das opções mais populares e tradicionais no país. Portanto, antes mesmo de se expor, é necessário saber como seu principal índice opera.

Confira tudo sobre o principal índice dos investimentos imobiliários a seguir:

Índice de Fundos de Investimentos Imobiliários (IFIX)

Em suma, o IFIX é um índice que apresenta a performance média de uma carteira de fundos de investimento imobiliários, sendo que a escolha acompanha alguns critérios da Bolsa de Valores. Bem como, a liquidez da aplicação e o valor de mercado.

O IFIX representa um índice de retorno. Ou seja, dá importância tanto para as variações nos preços das cotas, como para a distribuição de proventos e o impacto causado na carteira. A propósito, desde sua criação, há 9 anos, o índice registrou um crescimento de 80%, ao passo que o Ibovespa valorizou 107%. 

Nesse sentido, dentro de um intervalo de um ano, os Fundos de Investimentos Imobiliários que integram o IFIX contam com 60% de participação nos pregões. Aos FIIs que operam em um período inferior a 6 meses na Bolsa de Valores, participam no mínimo 60% dos pregões desde a data de início da operação.

Portanto, não existem Fundos de Investimento Imobiliários que detém uma participação acima de 20% dentro da carteira do IFIX.

IFIX, principal índice dos Fundos Imobiliários

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Como investir no IFIX?

Neste momento, há apenas um ETF na Bolsa de Valores que replica o índice IFIX, que é denominado de XFIX11. Criado em novembro do ano passado, a aplicação busca replicar os resultados dos Fundos de Investimentos Imobiliários. 

Por conseguinte, o mesmo ainda não apresentou os mesmos resultados do índice. Antes do lançamento desse ETF, o IFIX era usado somente como método do investidor acompanhar os FIIs que apresentavam bons retornos. Com isso, auxiliando o investidor.

Entretanto, não é recomendado se basear apenas neste índice. Antes de negociar, vale analisar cada detalhe. Portanto, ele funciona como uma maneira de encontrar boas opções de fundos.

IFIX despenca na B3

Na quarta-feira (28), o IFIX encerrou o dia com uma forte queda de 0,48%, chegando aos 2.680,78 pontos, o menor percentual registrado no mês de outubro.

Desta forma, somando a perda no ano, o indicador alcançou 6,60%. Isso aconteceu com efeito, principalmente, na divulgação da nova taxa Selic, que avançou de  6,25% ao ano para 7,75%.


OPORTUNIDADES EM UM SÓ LUGAR

Venha conhecer o Clube Acionista, a plataforma que reúne recomendações de mais de 60 especialistas de mercado em um só lugar. A facilidade de não precisar sair procurando por boa informação em diferentes canais. O cadastro é totalmente gratuito. Aproveite!

Você também pode acessar tudo sobre onde investir no Portal Acionista e gratuitamente pelo nosso canal do Telegram.

Autor

Matérias por 1Bilhão – Educação Financeira; Fabrizio Gueratto; e Gueratto Press.

Receba informações do mercado financeiro no seu celular gratuitamente

Compartilhe esse post nas suas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Você pode se interessar por

Publicidade

Leia também

Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Publicidade
Publicidade

Telegram Acionista

Os principais destaques do mercado! A melhor cobertura.

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.