Publicidade
Publicidade
Publicidade

NuBank (NUBR33): Vale a pena investir?

Data da publicação

Categoria

O portal Acionista.com.br aproxima investidores, informações e investimentos com conteúdos atualizados diariamente sobre o mercado financeiro e as companhias abertas nos diferentes meios digitais – website e redes sociais.

Categoria

Data da publicação

Imagens Canva

Conforme o relatório do BTG Pactual o NuBank (NUBR33) reportou fortes resultados no 1T22 apresentando crescimento no balanço. Entre os destaques, os analistas ressaltam o número de clientes que atingiu 59,6 milhões (um aumento de 11% t/t). Bem como, a carteira de crédito total que cresceu 34% t/t, com o crédito pessoal crescendo 44%; e média a receita por cliente (ARPAC).

Atualmente, a base de clientes do NuBank representa 33% da população adulta do Brasil. Mas mesmo assim, os BDRs da empresa enfrentam forte pressão vendedora.

No México, o grupo atingiu 2,1 milhões de clientes (aumento de 50% t/t e 950% a/a). Dessa forma, mantendo-se como o maior emissor de novos cartões de crédito do país. Por fim, o Nubank atingiu 211 mil clientes na Colômbia ( 85% t/t).

NuBank (NUBR33) o lado negativo do balanço

A empresa apresentou aumento na inadimplência, que inclui cartão de crédito rotativo e empréstimos pessoais mais arriscados, crescendo acima das expectativas do mercado.

“Em um ambiente de inflação e juros muito mais altos, e com uma eleição presidencial pela frente, essa parece uma estratégia muito “ousada”, para dizer o mínimo. Mas o tempo dirá se compensa ou não” afirmam os analistas do BTG Pactual em relatório de análise.

Conforme a casa, a inadimplência de crédito ao consumidor (relacionada a empréstimos pessoais e de cartão de crédito) para a operação brasileira aumentou durante o trimestre, com o índice de inadimplência > 90 dias subindo 70bps t/t para 4,2%. O aumento foi maior quando considerado o índice de inadimplência de 15 a 90 dias, que cresceu 110bps t/t para 3,7%.

A recomendação para NuBank (NUBR33)

Mesmo com receita forte, os analistas do BTG Pactual sinalizam que o crédito pode estar crescendo muito rápido. Por conta disso, a sugestão da casa segue com recomendação de venda para o papel.

Os analistas acreditam que o ciclo de crédito está piorando, principalmente nos segmentos aos quais o Nu está mais exposto.

“Embora o Nu possa definitivamente provar que estamos errados, nunca vimos nada parecido em mais de 10 anos cobrindo bancos, principalmente em termos de crescimento de crédito. Somos grandes fãs da história, da marca e do produto, mas negociando a ~4,2x o valor patrimonial mais recente e considerando o fim do lock-up (o que pode criar um overhang por um tempo devido ao free float muito baixo), ainda acreditamos que nossa recomendação de Venda faz sentido” finalizam os analistas.

Quer saber a tendência e o consenso de mercado para os BDRs? Confira aqui.


O Clube Acionista tem uma opção interessante pra você que está sempre atento ao mercado e gosta de acompanhar as principais recomendações de ações.

É o Tendências em Ações onde você encontra opiniões de especialistas do mercado. Ou seja, quais são as mais recomendadas da semana e também atualizações sobre as empresas da bolsa de valores.

Aproveite e acesse esse conteúdo exclusivo que vai te ajudar a tomar as melhores decisões na hora de investir.

Autor

O portal Acionista.com.br aproxima investidores, informações e investimentos com conteúdos atualizados diariamente sobre o mercado financeiro e as companhias abertas nos diferentes meios digitais – website e redes sociais.

Receba informações do mercado financeiro no seu celular gratuitamente

Compartilhe esse post nas suas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Você pode se interessar por

Publicidade

Leia também

Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Publicidade

Telegram Acionista

Os principais destaques do mercado! A melhor cobertura.

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.