quinta-feira, janeiro 23, 2020

No radar: varejo é um dos destaques do dia, veja os outros

-

Entre várias Casas que compartilham seus boletins exclusivamente para os nossos assinantes, confira algumas empresas que estão no radar e chamando a atenção do mercado.

ELETROBRAS (ELET3 ELET6):

Acionistas da Eletrobras discutirão, na 177ª Assembleia Geral Extraordinária da estatal, em 17 de fevereiro, o aumento do capital social da empresa em R$ 7.751.940.082,78, além de uma reforma no artigo 7º do Estatuto Social da empresa para refletir a mudança. O aumento será feito mediante a emissão de 201.792.299 de novas ações ordinárias e de 14.504.511 novos papéis preferenciais de classe B. O aumento de capital foi deliberado em AGE realizada em 14 de novembro do ano passado.

INTERMÉDICA (GNDI3):

Cade e ANS aprovaram sem restrições a compra do Grupo Clinipam pelo Hospital Intermédica Jacarepaguá, controlado pela Notre Dame Intermédica. A empresa informa que vai tomar as providências para concluir a operação nas próximas semanas. O contrato para a compra da Clinipam foi estabelecido no início de novembro de 2019, e a aquisição tem valor total de R$ 2,6 bilhões. Fazem parte do Grupo Clinipam a Clinipam – Clínica Paranaense de Assistência Médica, o Centro de Diagnóstico Bom Jesus, a Gralha Azul Administração e Participação, o Hospital Ônix Mateus Leme, a Odontopam Assistência Médica Odontológica Integrada e o Ônix Centro Médico.

VAREJO (ICON):

A Black Friday impulsionou as vendas do comércio varejista brasileiro em novembro, mas o desempenho ficou aquém das expectativas de analistas do mercado financeiro, que esperavam mais.

A decepção conteve o otimismo com o ritmo de recuperação da atividade econômica em 2020, diminuindo as chances de um crescimento no Produto Interno Bruto (PIB) muito além de 2,5%, apontaram alguns economistas.

O mercado financeiro repercutiu a fraqueza do desempenho do varejo. Na contramão de outras moedas emergentes, o dólar subiu 1,30% e fechou cotado a R$ 4,18, maior valor desde 5 de dezembro de 2019. O Ibovespa, principal indicador de Bolsa paulista, caiu 1,04%.

PÃO DE AÇÚCAR (PCAR4):

Dados divulgados antes da abertura do pregão anterior mostraram que o Grupo Pão de Açúcar (GPA) teve alta de 14,7% na receita bruta em 2019, totalizando R$ 61,5 bilhões.

O resultado foi puxado pelo desempenho da bandeira de atacarejo Assaí e pela inclusão no balanço dos resultados do Grupo Êxito, na Colômbia.

O Êxito foi incorporado à estrutura do GPA no fim de novembro, em uma tentativa do grupo francês Casino de simplificar sua estrutura acionária. Consideradas as lojas abertas há mais de um ano – que exclui os efeitos das inaugurações -, o Assaí teve avanço de 4,3% nas vendas no quarto trimestre em 2019. No mesmo período, o Pão de Açúcar registrou queda de 0,3% no indicador, enquanto o Extra Hiper teve baixa de 4,8%. Já o Extra Super teve crescimento de 3,3%.

Fontes: Boletim Genial Investimentos – Reuters; Folha de S. Paulo; Valor Econômico; Bloomberg; O Globo; Money Times; Broadcast.

O que esperar para o mercado hoje?

Onde os analistas estão sugerindo investir?

Quais os papéis comprar? Com o que ganhar dinheiro? Como se defender?

Tudo isso com foco no mercado as chance de investir da melhor forma possível cresce muito!

CONHEÇA AS NOSSAS ASSINATURAS

- Anúncio-

Acionista - Newsletter

 

Últimas Notícias

rapidas - No radar: varejo é um dos destaques do dia, veja os outros