ENEVA (ENEV3) estuda nova proposta para combinação de negócios com a AES Tietê

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Receba notícias por Whatsapp

Receba notícias pelo Telegram

Em comunicado ao mercado, a administração da companhia, entende que uma combinação de negócios envolvendo a Eneva e a AES Tietê Energia S.A. (TIET11) resultaria numa plataforma eficiente de ativos de geração de energia complementares, com grande diferencial competitivo; criando uma companhia capaz de desenvolver novos projetos necessários para atender, de maneira equilibrada e sustentável, o crescimento e a demanda de energia do país.

Nesse contexto, desde o anúncio, tornado público pela AES Tietê, da decisão do BNDES Participações S.A. de contratar assessor financeiro para prospecção de potenciais interessados em adquirir sua participação na AES Tietê, a administração da companhia vem analisando a possibilidade de formular nova proposta para combinação de negócios com a AES Tietê.

Todavia, não há, neste momento, qualquer definição acerca dos termos e condições de eventual proposta, nem tampouco qualquer decisão do Conselho de Administração quanto ao tema. Cotada a R$ 44,98/ação (valor de mercado de R$ 14,2 bilhões) a ação ENEV3 registra alta de 3,2% este ano.

GUIDE INVESTIMENTOS: ENEVA (ENEV3) informa à CVM que estuda realizar nova oferta pela AES Tietê

A Eneva informou à CVM que estuda “formular nova proposta para combinação de negócios”, mas ainda não há decisão efetuada pelo conselho de administração.

A empresa voltou a afirmar que o negócio seria benéfico para ambas empresas.

Impacto: Positivo. A combinação dos negócios traria maior estabilidade em termos de geração de energia, através da diversificação de suas fontes de produção.

Mais: Veículos de informação informaram que a Eneva poderia incorporar a Ômega através de troca de ações e montante em dinheiro ou aquisição efetiva. Porém, a Ômega afirmou que a informação não procede e que não faz parte do seu objeto de negócios investimentos em térmicas a gás ou carvão.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Publicidade

Leia também

Destaques da bolsa ativos durante o pregão - das 10h as 17h - Fonte: Google Finance - delay aprox. de 20 min.

*Dados inativos fora do horário do pregão.