domingo, dezembro 15, 2019

Mulheres na Bolsa, por que não?

-

Os dados de Out/19 da B3, mostrando o aumento relevante de investidores pessoa física ao longo de 2019 é de certa forma impressionante porque praticamente dobrou. Desanimador é observar-se ainda a redução da participação de mulheres na Bolsa de apenas 22,69% frente a 77,31% masculina.

Estamos em um ano difícil, níveis altos de desemprego, economia informal crescente, e isto me faz crer que as famílias estão sendo sustentadas, majoritariamente, pelas mulheres.

Dados:

image 5 - Mulheres na Bolsa, por que não?
Posição de Outubro/ 2019 – B3

Por outro lado, observa-se um aumento crescente de mulheres estudando, principalmente na opção EAD (Ensino a Distância). Dados da EAD.br de 2016 indicavam 57% de mulheres.

Por que, então, também não investir em conhecimento na área financeira? Saber onde colocar o dinheiro tão suado para que além de não perder valor frente a inflação, tenha alguma rentabilidade é fundamental.

Todas conheceram em algum momento a Poupança e talvez até tenham algum dinheiro por lá. Para emergências. Talvez esquecidos, talvez consultado saldo e visto que não cresce nada. Pois é, está perdendo poder de compra. Urgente rever esta opção.

Há outras opções, tão seguras quanto, e que não requerem muito mais do que você tem. Por exemplo, no Tesouro Direto, você pode colocar a partir de R$ 30,00.

Que tal aprender um pouquinho mais sobre isso?

Neste link  https://acionista.com.br/?s=tesouro+direto você encontrará algumas matérias bem esclarecedoras sobre este assunto.

Bolsa de Valores, hoje é muito mais do que simplesmente investir em ações.

O Tesouro Direto está lá, as corretoras credenciadas intermediam esta compra, e você passa a constar no número de mulheres investidoras.  Já é um incentivo certo?

Mais tarde novos produtos financeiros lhe serão ofertados e aprender sobre eles lhe permitirá diversificar e pensar ainda mais na sua tranquilidade financeira. Mas falaremos nisso em outro momento.

Até breve!

Claudia TF Guerses / Acionista.com.br

- Anúncio-

Acionista - Newsletter

 

Últimas Notícias

rapidas - Mulheres na Bolsa, por que não?