Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

Ontem foi mais um dia de queda na Bovespa, perfazendo cinco sessões seguidas, mesmo com fluxo positivo de investidores estrangeiros, que até 21/1, já haviam alocados recursos da ordem de R$ 22,9 bilhões em janeiro. O dólar é que teve forte queda em função de declarações de Bolsonaro e ata mais dura que esperada do Copom, da última reunião que retirou o forward guidance. Mercados dos EUA também terminaram o dia com quedas brandas.

Hoje, Bolsas asiáticas encerraram com comportamento misto, comportamento misto também para os mercados da Europa nesse início da manhã e para os futuros do mercado americano. Aqui, já está mais que na hora de alguma recuperação no curto prazo ainda que não firme tendência. Mas o dia é complicado pela agenda lotada de eventos com capacidade de mexer com os mercados, safra de balanços do quarto trimestre e preocupação com a covid-19. Aqui, quadro fiscal preocupante.

Na China, foi anunciado o lucro industrial de 2020 com expansão de 4,1%, mas em dezembro, contra igual período, alta de 20,1%. A Alemanha é que puxa os mercados para baixo com a divulgação do índice de confiança do consumidor GFK de fevereiro com queda para -15,6 pontos, de anterior em -7,5 pontos.

Nos EUA, Biden confirmou que vai comprar mais 200 milhões de doses de vacinas contra o vírus e disse que a vacinação está pior que o esperado e vai ampliar em 15% as remessas para os Estados. No Congresso, Schumer, líder democrata, disse que o pacote vai tramitar mesmo com o contra dos republicanos. Já McConnell, líder republicano, voltou a criticar medidas do governo.

Em Davos, na reunião virtual, predomina o discurso sobre multilateralismo, cooperação e a preservação climática. No mercado internacional, dia de petróleo WTI negociado em NY em alta de 0,51%, com o barril cotado a US$ 52,88. O euro era transacionado em queda para US$ 1,21 e notes americanos de 10 anos com taxa de 1,03%. O ouro e a prata com quedas na Comex e commodities agrícolas em altas na Bolsa de Chicago.

Aqui, o IPC da Fipe da terceira quadrissemana de janeiro acelerou para 0,92%, de anterior em 0,86%. Candidatos a presidentes da Câmara e do Senado defendem extensão do auxílio emergencial, mas deixam para o governo determinar o que teria que ser cortado de gastos para não extravasar o teto.

O presidente do Bacen, Campos Neto, teve postura prudente ontem em evento do Credit Suisse, falando do pouco espaço fiscal, inflação surpreendendo no curto prazo e vento contra da redução dos estímulos podendo gerar primeiro trimestre mais fraco. Em compensação, gestores de recursos se mostraram mais otimistas com o futuro dos mercados. 

O dia é cheio de eventos importantes que podem mudar o curso dos mercados, mas a expectativa inicial é de Bovespa tentando recuperar perdas, mas o exterior inibe bastante, dólar mais forte e juros em alta.

Alvaro Bandeira
Sócio e economista-chefe do banco digital Modalmais
Fonte: www.modalmais.com.br/blog/falando-de-mercado

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também

Leia também

Todos os dias diversas Corretoras e Casas de Análise atualizam seus boletins com as principais notícias do mercado de investimento. Acesse agora!

Conheça o Painel Acionista: em um só lugar tudo o que você precisa saber sobre investimentos