Publicidade
Publicidade
Publicidade

Modalmais:IPCA de abril variou 1,06%

Data da publicação

Categoria

Modalmais é um banco de investimentos brasileiro. Trabalha com médios e pequenos investidores sobretudo através de sua plataforma digital Modalmais. Conheça mais sobre os conteúdos do banco em www.modalmais.com.br/blog

Categoria

Data da publicação

Bottom Line:


• IPCA de abril variou 1,06%, acima da nossa expectativa (0,83%) e da mediana do mercado (1,01%);
• IPCA em 12 meses acumula alta de 12,13%;
• Este resultado reforça a nossa perspectiva de mais duas elevações da Selic no ciclo, atingindo 13,75% em agosto.


Comentário:
O IPCA de março variou 1,06%, acima da nossa expectativa (0,83%) e da mediana do mercado (1,01%).

Pelos grupos, a maior surpresa positiva ocorreu em Saúde e Cuidados Pessoais, com alta acima do esperado nos preços dos remédios. Em seguida, Habitação mostrou queda menor do que o antecipado em função de surpresas altistas no preço da energia elétrica. Adicionalmente, observamos surpresa desfavorável em Alimentação e Bebidas, advinda do preço do leite, tomate, batata, e em Artigos de Residência, cujo índice de difusão atingiu notáveis 93,55%. Do lado negativo, observamos variação abaixo do esperado em Transportes devido à menor inflação de combustíveis, principalmente gasolina.

Pelas aberturas, os preços administrados ficaram acima do esperado (0,55% vs. 0,32% exp.). Nos preços livres (1,25% vs. 1,02% exp.), a surpresa altista ocorreu em todos os setores, com destaque aos bens industriais (1,21%, vs. exp. 0,94%), mas também em Serviços (0,66%, vs. exp. 0,50%) e Alimentação no Domicílio (2,59%, vs. exp. 2,30%). Nas leituras subjacentes, os industriais mostraram alta de 1,15% (vs. 0,71% exp.) e os serviços subiram 0,79% (exp. 0,61%).

A média dos cinco núcleos acompanhados pelo Banco Central seguiu em patamar elevado, atingindo 0,95% e ficando ligeiramente abaixo dos 0,98% observados no mês anterior. Em 12 meses, a medida acumula alta de 9,69%, acelerando frente aos 9,01% acumulados até março/22. Adicionalmente, o índice de difusão subiu para 78,25% (vs. 76,13% em mar/22). Além do já mencionado índice de difusão dos artigos de residência, destacamos os 90,32% de Vestuário, 87,50% de Habitação e 79,17% de Alimentação e Bebidas

Por mais um mês, observamos o IPCA com composição bastante desfavorável tanto no índice cheio quanto na ótica subjacente. A continuidade da aceleração dos núcleos e os elevados índices de difusão indicam que a inflação é disseminada entre os setores.

Ao observarmos a dinâmica de comercialização dos subitens, notamos que os alimentos puxam os bens não-comercializáveis para cima enquanto os bens industriais colocam pressão sobre os comercializáveis. Considerando a nossa premissa de que a inflação de alimentos não deve arrefecer antes do primeiro semestre de 2023 e que as incertezas sobre as cadeias globais devem manter os bens industriais elevados, enxergamos continuidade das pressões subjacentes da inflação ao longo do ano.

Por esses motivos, a divulgação do IPCA reforça a nossa perspectiva de mais duas elevações da Selic no ciclo, atingindo 13,75% em agosto.

Felipe Sichel
Sócio e economista-chefe do Modal.

Autor

Modalmais é um banco de investimentos brasileiro. Trabalha com médios e pequenos investidores sobretudo através de sua plataforma digital Modalmais. Conheça mais sobre os conteúdos do banco em www.modalmais.com.br/blog

Receba informações do mercado financeiro no seu celular gratuitamente

Compartilhe esse post nas suas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Você pode se interessar por

Publicidade

Leia também

Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Publicidade

Telegram Acionista

Os principais destaques do mercado! A melhor cobertura.

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.