Publicidade
Publicidade

Modalmais: Dia pode ser melhor, mas…

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Ontem, os mercados começaram o dia negativos, mas quem estava aberto no início da tarde conseguiu melhorar com a recuperação da Bolsa Nasdaq e ações da Apple com novos lançamentos de produtos. A Bovespa chegou a perder o patamar de 113.000 pontos do Ibovespa, fechou em queda de 0,19%, mas com o índice em 114.428 pontos. O Dow Jones terminou com queda de 0,10% e Nasdaq com +0,84%. Aqui, dólar e DIs estressados durante todo o dia, com a moeda americana fechando em alta de 1,21% e cotada a R$ 5,52.

Investidores não gostaram dos rumores sobre a extensão do Auxílio Emergencial por 60 dias com pagamento maior de R$ 400, sendo parte (R$ 100) fora do teto de gastos. Além disso, muita expectativa com definições sobre precatórios e preço de combustíveis. Hoje, mercados da Ásia terminaram o dia com altas e liderança das ações de tecnologia, Europa operando com viés mais para positivo e futuros do mercado americano com altas neste início de manhã. Aqui, seguimos na mesma toada de ser preciso ultrapassar a faixa de 115.000/116.000 pontos do índice para ganhar tração e ir buscar os 120.000/121.000 pontos. Não podemos perder a faixa de 110.000 pontos.

Nos EUA, a secretária do Tesouro, Janet Yellen, mandou carta para o Congresso pedindo que o teto da dívida seja elevado ou suspenso depois de 03/12, mas o que está assustando mais os investidores são os gargalos globais de suprimentos, principalmente semicondutores e a inflação alta. Aliás, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, sugere futuros cortes de impostos de empresas do Reino Unido.

Já o BCE (BC europeu) alerta para a inflação alta e duradoura. Na China, o partido comunista deve equiparar Xi Jinping a Mao e Deng Xiaoping. No mercado internacional, o petróleo WTI, negociado em NY, tem mais um dia de alta sequencial de 1,21%, com o barril cotado a US$ 83,44. O euro era transacionado em alta para US$ 1,116, e notes americanos de 10 anos com taxa de juros de 1,60%. O ouro e a prata com altas fortes na Comex, e commodities agrícolas com comportamento misto na Bolsa de Chicago.

Aqui, o presidente da Câmara, Arthur Lira, disse que estados e municípios não têm problemas com arrecadação (estão cheios de dinheiro), voltou a falar de abusos da Petrobras, principalmente no segmento de gás, e disse que o governo precisa se empenhar na reforma administrativa. A Petrobras negou risco de desabastecimento e cortes de pedidos de clientes. Mas preocupa a criatividade do governo para arranjar recursos e burlar o teto de gastos, LRF e regra de ouro.

A Fipe divulgou o IPC da segunda quadrissemana de outubro, com queda marginal para +1,08%, vindo de anterior em +1,09%. Já a segunda prévia do IGP-M de outubro mostrou deflação 0,03%, depois de contração de 0,58%.

A agenda do dia não traz indicadores com grande capacidade de interferir nos mercados, mas teremos a estreia do ETF de criptomoedas em NY. Expectativa de Bovespa podendo recuperar (mas depende dos ruídos), dólar mais fraco com anúncio de venda de US$ 500 milhões à vista e juros em queda.

Modalmais

Modalmais

Modalmais

Modalmais é um banco de investimentos brasileiro. Trabalha com médios e pequenos investidores sobretudo através de sua plataforma digital Modalmais. Conheça mais sobre os conteúdos do banco em www.modalmais.com.br/blog

Você pode se interessar por

Publicidade

Leia também

Acionista consome. Acionista investe.

Você consome das
empresas em que investe?

Receba notícias pelo Telegram

Publicidade

Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Publicidade

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.