Mercado de terrenos em São Paulo segue pouco líquido

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Receba notícias por Whatsapp

Receba notícias pelo Telegram

Setor Imobiliário: O mercado paulista de terrenos para empreendimentos de padrões médio e alto segue pouco líquido.

Além disso, não se espera que a reabertura dos estandes de vendas de projetos residenciais, que ocorreu no último dia 10, gere um crescimento significativo de negociações de áreas no curto prazo.

Desde o mês de abril, houve uma queda relevante no número de compras e vendas concluídas dentro do setor. Isto se deve, principalmente, à suspensão dos lançamentos destinados às rendas média e alta e também a maior preservação de caixa por parte das incorporadoras durante esse período de pandemia.

Os preços dos terrenos estão atualmente em patamares elevados. Assim, existe um desencontro entre oferta e demanda.

De acordo com o presidente da Trisul, Jorge Cury, a companhia não tem obtido grandes descontos na compra de terrenos, mas percebeu recentemente uma maior abertura dos proprietários para parcelamentos e prazos de opções mais longos.

Cury disse que a incorporadora segue ativa na busca por novas áreas nas zonas Sul e Oeste de São Paulo, para projetos de padrões médio e alto.

Segundo Guide Investimentos

Impacto: Negativo. A situação de crise, instaurada após a chegada do coronavírus no Brasil, acabou impactando bastante o setor imobiliário. Este vem, desde abril, se tornando mais ilíquido, com a diminuição de negociações de áreas no curto prazo. Também, o preço dos terrenos está em patamares elevados, dessa maneira, fazendo com que a oferta desencontre a demanda.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Publicidade

Leia também

Destaques da bolsa ativos durante o pregão - das 10h as 17h - Fonte: Google Finance - delay aprox. de 20 min.

*Dados inativos fora do horário do pregão.