Mercado de lajes corporativas mostra sinais de recuperação

Por: BB Investimentos

O mercado de lajes corporativas mostra sinais de recuperação, especialmente na região de São Paulo. No entanto, enxergamos um desafio maior aos gestores de FIIs com esse tipo de ativo, dado que a recuperação segue lenta.

As regiões metropolitanas das cidades de São Paulo e Rio de Janeiro ocupavam o 1º e 2º lugar, respectivamente, no ranking de ABL de escritórios corporativos ao final de 2018. Após terem atingindo seus ápices nos anos de 2016 e 2017, as taxas de vacância de São Paulo e Rio de Janeiro vêm melhorando gradativamente.

Tanto São Paulo quanto o Rio de Janeiro podem ser divididos em regiões, conforme as semelhanças em de ocupantes, características técnicas e valores praticados. No entanto, enquanto o mercado imobiliário de São Paulo é mais fragmentado em termos geográficos e por setores econômicos, o do Rio de Janeiro é marcado por uma escassez de novos terrenos, dadas as características geográficas da cidade.

Em nossa carteira, privilegiamos os FIIs de lajes corporativas cujos ativos estão localizados na cidade de São Paulo e preferencialmente nas regiões da Vila Olímpia, Itaim e Pinheiros, que apresentaram melhores indicadores frente às demais regiões.

Fonte: CBRE, Colliers International, BB Investimentos Research

CONFIRA AS RECOMENDAÇÕES DE FII DA BB INVESTIMENTOS