MATO GROSSO DO SUL – Mulheres em situação de risco social e alimentar recebem cestas de alimentos

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

Em Mato Grosso do Sul, 1.700 cestas de alimentos serão doadas a mulheres em situação de insegurança alimentar e nutricional, em especial aquelas em situação de risco social e de violência doméstica, agravadas pela pandemia da COVID-19. A ação é resultado da parceria entre a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), e a Secretaria Nacional de Políticas para Mulheres, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (SNPM/MMFDH), mediante Termo de Execução Descentralizada (TED).

A cerimônia de lançamento oficial da iniciativa no estado foi realizada nesta terça-feira (01), em solenidade no município de Dourados, e contou com a participação secretária Nacional de Política para as Mulheres do Ministério, Cristiane Britto, e da subsecretária de Estado de Políticas Públicas para Mulheres no estado, Luciana Azambuja. Também participaram do evento o secretário Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Esequiel Roque do Espírito Santo, e a coordenadora de Acesso à Justiça do Departamento de Políticas de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres (DEV) da SNPM, Gleyce Cardoso.

A operação, iniciada na última segunda-feira (30), prevê a doação de cestas contendo 16 kg de alimentos como arroz, feijão, açúcar, fubá, farinha de mandioca, leite em pó e macarrão. A retirada das cestas da unidade armazenadora da Conab em Campo Grande é coordenada pela Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres de Mato Grosso do Sul, entidade vinculada à Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica (Segov). A expectativa é que todas as cestas sejam entregues pela Companhia ainda nesta quarta-feira (2).

Ao todo serão entregues 27.200 kg de alimentos para as entidades que atuam no atendimento de mulheres vítimas de violência sexual, doméstica ou que se encontram em vulnerabilidade social, além de mulheres que residem em comunidades indígenas, quilombolas e rurais, nos municípios de Aral Moreira, Bonito, Campo Grande, Corguinho, Dourados, Nioaque e Sidrolândia.

Além de Mato Grosso do Sul, as doações de alimentos às mulheres em vulnerabilidade irão ocorrer em outros 15 estados do país: Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Sergipe. Para realizar a iniciativa a Conab adquiriu cerca de 757 toneladas de alimentos para a formação de 44.536 cestas básicas.

Mais informações para a imprensa:
Gerência de Imprensa
(61) 3312-6338/
6344/ 6393/ 6389/ 2256
[email protected]

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também

Conheça o Painel Acionista: em um só lugar tudo o que você precisa saber sobre investimentos