Publicidade
Publicidade

Mais assertividade com o ESG

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Mais assertividade com o ESG

Em um passado recente, a expressão comumente utilizada no mercado de capitais era “melhores práticas de governança corporativa”, para se referir a uma companhia que buscava investimentos e valoração junto ao público investidor. Relatórios corporativos passaram a adotar novas expressões e índices em seus textos de apresentação. Houve avanços, mas… a desconfiança com o axioma “para inglês ver” continuou pairando no ar; o greenwashing hoje.

A B3, que também tem o papel de regular o mercado, criou em 2005 o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) e, desde então, vem discutindo formas de melhorar a performance para que seja mais e mais atrativo ao mercado local e internacional – uma vez que parcela significativa de investidores estrangeiros compra papéis de companhias nacionais.

Publicidade

As oportunidades para lucrar com proventos todos os meses

Publicidade


De 03 de janeiro a 29 de abril de 2022, tendo por base o fechamento do pregão do dia 30 de novembro último, passarão a vigorar os novos indicadores, entre os quais o Índice Bovespa B3 – principal referência da Bolsa brasileira. De acordo com a prévia divulgada, o novo Ibovespa terá a entrada da Porto Seguro ON (PSSA3) e da Positivo Tec ON (POSI3), totalizando 93 ativos de 89 empresas. Desta vez, os cinco ativos que apresentaram o maior peso na composição do índice foram Vale ON (14,829%), Petrobras PN (6,742%), Itaú Unibanco PN (5,363%), Bradesco PN (4,686%) e Petrobras ON (4,059%). Até aí pouca surpresa.

O que causou um “oh…” do mercado foi a prévia do ISE – que deverá ser confirmada pela Bolsa, até a sua entrada em vigor (3 de janeiro de 22). Passarão a integrar o novo índice as companhias RADL3 (RaiaDrogasil ON), RAIL3 (Rumo ON) e a Braskem (PNA). Embora esta última adote uma série de práticas em favor da sustentabilidade, há uma questão pendente sobre os seus ombros: existem, estimativamente, 14 mil imóveis condenados em cinco bairros de Maceió (AL), por conta da extração de sal gema (adquirido, em parte, por meio da extração subterrânea) . As construções estão literalmente afundando e poderão desaparecer por completo nos próximos 10 anos. O mineral é utilizado na fabricação (direta e indireta) de produtos como o cloro, soda cáustica, farmacêuticos e de higiene. Nesta reformulação de carteira, o ISE 22 expurgou MRFG3 (Marfrig ON) e BEEF3 (Minerva ON).

Alinhado aos padrões internacionais do Sustainability Accounting Standards Board (SASB), Global Reporting Initiative (GRI) e B-Lab, o ISE 2022 estreia novo formato agora incorporando informações do CDP e do RepRisk. Confira a carteira completa do novo índice: AES Brasil ON, Americanas ON, Bradesco PN, Banco do Brasil ON, Braskem PNA, BRF ON, BTG Unit, CCR ON, Cemig PN, Cielo ON, Copel PNB, Cosan ON, CPFL Energia ON, Dexco ON (ex-Duratex), Ecorodovias ON, Energias do Brasil ON, Fleury ON e Natura&Co.

Publicidade

Poupamos seu tempo na busca pelo o que acontece diariamente no mercado

É certo que depois do “oh…”, o mercado ficará com o “hummm…” acompanhando paripassu a inserção da Braskem e a saída da Petrobras (ON e PN) e dos frigoríficos, uma vez que Marfrig e Minerva espirraram e a JBS sequer estava no anterior (ISE 2021).

AUMENTO

Lojas Marisa (AMAR3) fará aumento de capital via emissão de 81,1 milhões de ações. Ideia é captar RS 250 MM para reforço de caixa. Os acionistas terão direito de preferência até o dia 11 de janeiro próximo.

TESOURARIA

Um comunicado assinado pelo seu DRI, Alfredo Setubal, a Itaúsa informa que, embora o Programa de Recompra de Ações de Emissão Própria tenha sido aprovado pelo Conselho de Administração (em 22.02.2021), “em novembro/2021 a Itaúsa não negociou com suas próprias ações para tesouraria”.

RISCO

A Marfrig avisa que a agência de classificação de risco Standard and Poor’s (S&P) elevou a nota de crédito, em escala global, da companhia para ‘BB’ (anterior ‘BB-‘), e na escala nacional para ‘brAAA’ de ‘brAA +’.
Segundo a própria empresa, a elevação da nota de crédito “é o reconhecimento de nosso compromisso inegociável com a disciplina financeira, alta liquidez e forte desempenho operacional”.

FORMADOR

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) autorizou os Fundos de Investimento a atuarem como formadores de mercado, na B3. Próxima etapa é a preparação da Bolsa para a operacionalização, adaptando regulamentos e manuais, visando mais liquidez junto ao mercado.

PEGADA

Primeiro foi uma parceria com o Bradesco e, agora, a Ambipar Environmental anuncia o lançamento de um aplicativo que vai se conectar à plataforma blockchain – batizada Ambify – para oferecer crédito de carbono fragmentado por quilo.
A proposta desta plataforma, diz a companhia, é conectar as pessoas ao processo de transformação rumo a uma economia mais verde e de baixo carbono. No cálculo da pegada de carbono, é possível descobrir o quanto cada pessoa deve compensar de acordo com seus hábitos.
Em toda a compensação a Ambify destinará um percentual do valor, sem custo adicional ao usuário, para projetos sociais em uma das instituições parceiras de sua escolha, Instituto Jô Clemente (antiga APAE de São Paulo), Médicos sem Fronteiras ou Instituto Luz Alliance.

ENERGIA

A CPFL Soluções, empresa do grupo CPFL Energia, acaba de concluir a venda de Certificados Internacionais de Energia Renovável (I-REC) com volume total de 368.018. Estes atenderão as unidades de Hortolândia, Sumaré, Vinhedo, Osasco, Rio de Janeiro, Jundiaí, Maracanaú, Campinas e Paulínia da Ascenty, maior empresa em infraestrutura de Data Centers da América Latina.
A certificação atesta que a energia utilizada em suas unidades, de janeiro a dezembro de 2020, é limpa e rastreável, proveniente de uma fonte renovável. A iniciativa também colabora para a redução de emissões de GEE, e a melhora indicadores em programas como o Carbon Disclosure Program (CDP), o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) e o Down Jones Sustainability Index (DJSI).
O I-REC é uma das opções oferecidas pela CPFL Soluções, em parceria com o Instituto Totum e International REC Standard.

BONDS

A Suzano foi reconhecida no Prêmio Bonds & Loans American & Caribbean AWARDS 2021, organizado pela GFC Media Group, mídia especializada em investimentos e finanças. Com destaque por suas emissões de Sustainability-Linked Bonds (SLB), a companhia conquistou as categorias Ground-Breaking Deal of the Year Corporate Funding Team of the Year, Negócio Inovador do Ano e Equipe de Financiamento Corporativo do Ano, respectivamente.
A emissão da Suzano foi a primeira nas Américas, nos mercados emergentes e no setor de papel e celulose a estar alinhada com os Sustainability-Linked Bond Principles, da Associação Internacional de Mercado de Capitais (ICMA). O reconhecimento faz parte dos títulos emitidos em 2020, nos valores de US$ 750 milhões e US$ 500 milhões, totalizando US$ 1,25 bilhão,alcançando o menor índice da história das empresas brasileiras em títulos de dívida de 10 anos.

LOGÍSTICA

A GLP, uma das líderes globais em gestão de investimentos e desenvolvimento de negócios em logística, real estate, infraestrutura, finanças e tecnologias relacionadas, concluiu sua primeira emissão de debêntures verdes, por meio da REC Duque de Caxias – empresa sob gestão da GLP. O valor da operação é de R$ 150 milhões. Os recursos serão investidos no portfólio de instalações logísticas de alto padrão da empresa em Duque de Caxias/RJ.

A empresa, que tem sob gestão cerca de 3 milhões de metros quadrados construídos, recebeu parecer técnico da consultoria Sitawi, atestando que se trata de uma emissão verde, baseada na análise a dos aspectos socioambientais do projeto, bem como as práticas de ESG da empresa. O prazo para pagamento das debêntures é de cinco anos.

MAR

O Senado aprovou o Projeto de Lei 4199/20 que incentiva o uso do transporte de cargas entre os portos brasileiros, o programa denominado “BR do Mar”. O objetivo é aumentar a competitividade entre as empresas que oferecem o serviço de cabotagem e estimular o desenvolvimento da indústria naval nacional – destaca a Agência Brasil, lembrando que entre as principais medidas está a flexibilização do afretamento de embarcações estrangeiras pelas Empresas Brasileiras de Navegação (EBNs).
O tema, já explorado por esta coluna através de artigos escritos por especialistas, agora segue para aprovação da Câmara dos Deputados.

DIVERSIDADE

A B3, Bolsa de Valores do Brasil, já recebe inscrições para o Programa de Capacitação no Mercado Financeiro, com foco em educação financeira e empregabilidade, voltado para pessoas negras.

Gratuito e sem limite de vagas, dele podem participar todas pessoas que atenderem aos critérios de seleção: negras, maiores de 18 anos. Os 60 alunos que se destacarem serão reconhecidos com uma bolsa para cursos preparatórios de importantes certificações do mercado financeiro, como CPA 20 (distribuição de produtos de investimento para clientes de alta renda e institucionais), PQO (Programa de Qualificação Operacional) e CNPI (Certificado Nacional do Profissional de Investimento), entre outras.

Inscrições, até o final deste mês, pelo link www.bettha.com/capacitacaomercadofinanceirob3.

Nelson Tucci

Nelson Tucci

Repórter em veículos como Folha de S.Paulo e O Estado de S.Paulo, atuou também como apresentador do programa ECO Negócios, na ECO TV. É MBA em Comunicação e Relações com Investidores e diretor na Virtual Comunicação.

Você pode se interessar por

Publicidade

Leia também

Acionista consome. Acionista investe

Você como Acionista, consome da
empresa que investe?

Tire dúvidas sobre investimentos

Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Publicidade

Parabéns!
Cupom de Desconto Descoberto!

Cupom: BEMVINDO10

Participe do Telegram Acionista!

Receba informações do mercado financeiro gratuitamente.

Não vá embora ainda!

Conheça nosso Clube exclusivo e gratuito

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.