Luiza Trajano (MGLU3) nos deu uma aula e nós nem percebemos.

Data da publicação

Categoria

Graduado em Administração Pública, Propaganda e Marketing e com MBA em Gestão, Empreendedorismo e Marketing, escrevo desde 2011, quando decidi criar meu próprio blog sobre futebol. Atualmente, sou um redator publicitário apaixonado por economia e mercado financeiro. Semanalmente, trarei conteúdos relevantes sobre Ações, FIIs, BDRs, Negócios e Economia! E aí, você vem comigo? Let’s ROCK!

Categoria

Data da publicação

Foto Reprodução: Freepik

Recentemente, um vídeo publicado pela Presidente do Conselho de Administração do Magazine Luiza (MGLU3), Luiza Trajano, viralizou na internet.

Muito se comentou sobre a empresária pedir “por favor” para que os clientes fossem às lojas e assumissem um “carnezinho gostoso” ao realizar suas compras. É claro que a maioria do público nas redes sociais, valendo-se também de opiniões políticas, massacrou a ação e uma enxurrada de críticas, deboches e desprezo inundou os comentários de publicações que falavam sobre o tema.

Porém, o que ninguém parece ter se atentado, caro leitor, é que Luiza Trajano, quer você goste dela ou não e independentemente de sua posição política, mais uma vez nos deu uma aula sobre marketing e sobre como gerir um negócio.

Publicidade

Sou entusiasta de economia e finanças, mas minha maior atuação profissional está em comunicação.

O que Luiza Helena Trajano fez nessa comunicação foi simples, mas genial. Ela simplesmente conversou com o público que queria.

Não, não estou falando dos que comentaram negativamente no Instagram. O que ninguém percebeu é que Luiza Trajano não tinha como alvo:

  • Investidores, seja os de MGLU3 ou os que agouram a empresa;
  • Consumidores que compram exclusivamente pelo e-commerce Magalu;
  • Novos clientes adquiridos durante 2020 e 2021;
  • Pessoas da Geração Z, nascidos entre 1997 e 2010 (e até mesmo parte da Geração Y, nascidos entre 1981 e 1996).

Luiza Trajano falou diretamente com outros grupos:

  • Donas de casa;
  • Idosos;
  • Pessoas com hábito de comprar em lojas físicas;
  • População de baixa/média renda;
  • Indivíduos sem acesso a crédito;
  • Contemplados pelo Auxílio Brasil.

Sim, pode parecer que foi um vídeo amador, sem propósito, mas lembre-se de que Magalu é uma empresa gigantesca. Nada é por acaso quando nos referimos a grupos dessa magnitude.

Cheguei a ver, inclusive, comentários criticando a equipe de marketing do Magazine Luiza, questionando onde estariam as pessoas responsáveis pela comunicação que deixaram passar algo do tipo. No mesmo momento pensei: Talvez segurando o cartaz para que Luiza Trajano lesse.

Vamos fazer mais um trabalho de raciocínio.

Publicidade

Autor

Graduado em Administração Pública, Propaganda e Marketing e com MBA em Gestão, Empreendedorismo e Marketing, escrevo desde 2011, quando decidi criar meu próprio blog sobre futebol. Atualmente, sou um redator publicitário apaixonado por economia e mercado financeiro. Semanalmente, trarei conteúdos relevantes sobre Ações, FIIs, BDRs, Negócios e Economia! E aí, você vem comigo? Let’s ROCK!

No Clube Acionista você tem acesso aos principais formadores de opiniões do mercado. Através de análises diárias entre diversos especialistas do país. Tudo isso em um só lugar!

Informações + Recomendações de investimentos em um só lugar

Compartilhe esse post nas suas redes!

Você pode se interessar por

Leia também

Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Telegram Acionista

Os principais destaques do mercado! A melhor cobertura.

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.