Lucro líquido da Localiza recua 52,7% no 2º trimestre na comparação anual

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Receba notícias por Whatsapp

Receba notícias pelo Telegram

A Localiza registrou lucro líquido no segundo trimestre de 2020 de R$ 89,9 milhões, queda de 52,7% na comparação com igual período de 2019. Segundo a empresa, o resultado foi comprometido pela pandemia dE covid-19, custos extraordinários, além do aumento da depreciação.

O Ebitda consolidado da empresa totalizou R$ 434,8 milhões no trimestre, 13% menor que o mesmo período do ano anterior. Apesar do impacto negativo, a empresa reverteu a provisão da diferença dos créditos de PIS e Cofins sobre depreciação, que vinha sendo feita desde 2017, no valor de R$ 126,3 milhões. “Essa reversão considera a alteração no cenário dos processos em que a companhia é parte, com a obtenção da segunda sentença favorável ao direito de apropriação dos créditos de PIS e COFINS relativos a depreciação dos seus veículos utilizados para locação à taxa de 25% ao ano”, explicou a empresa, no balanço.

Na divisão de Aluguel de Carros, principal do grupo, a margem Ebitda foi de 53,2% no trimestre, crescimento de 9,3 pontos porcentuais no ano. Na divisão de Gestão de Frotas, a margem Ebitda foi de 81,4%, alta de 16,2 p.p. Ambos sustentados pela reversão da provisão. A margem Ebitda do Seminovos foi negativa em 4% no trimestre, “impactada pela queda nas vendas e consequente não diluição dos custos fixos, além dos custos extraordinários com o ajuste de quadro”.

No trimestre, a receita líquida consolidada apresentou queda de 31,7%, para R$ 1,570 bilhão. Nos segmentos, a receita líquida de aluguéis apresentou queda de 19%, com redução de 30,2% na divisão de Aluguel de Carros e crescimento de 14,8% na divisão de Gestão de Frotas. A receita líquida do Seminovos no trimestre teve queda de 40,1% em comparação ao mesmo período do ano anterior, devido à queda de 40,4% do volume de carros vendidos.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Publicidade

Leia também

Destaques da bolsa ativos durante o pregão - das 10h as 17h - Fonte: Google Finance - delay aprox. de 20 min.

*Dados inativos fora do horário do pregão.