KLABIN S/A (KLBN11): Após recorde de receita, empresa mira aquisição

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Receba notícias por Whatsapp

Receba notícias pelo Telegram

Duas semanas após concluir a aquisição da International Paper (IP), fábrica de embalagens, no Brasil; a Klabin já vem analisando novas oportunidades no mercado de papelão ondulado, visando expandir sua atuação nas regiões do Nordeste e Sul.

Dão suporte ao plano de crescimento da cia o maior consumo de embalagens no país, a disponibilidade de papel para integrar em operações próprias com a expansão em curso na unidade Puma (projeto Puma II, no Paraná) e o forte desempenho operacional, que no terceiro trimestre, ajudou a receita líquida a superar R$ 3,1 bilhões e marcar novo recorde, enquanto as vendas em volume saltaram 14% na comparação anual, a 910 mil toneladas.

Segundo o diretor de embalagens da cia, Douglas Damasi, a integração das operações da IP foi bem sucedida e já deve mostrar seus efeitos no 4T20.

Impacto: Positivo. A companhia teve um bom resultado do 3T20, já anunciando forte expectativa para dar início ao grande projeto da companhia; o Puma II, em julho de 2021, além do aumento do consumo de seus produtos. Assim, após a incorporação dos negócios da IP, a empresa já mira em novas oportunidades que possam agregar valor e ajudá-la a seguir sua estratégia.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também