IPO da Viveo (VVEO3) vale a pena investir?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

IPO da Viveo (VVEO3): Uma das principais empresas de distribuição de produtos médico-hospitalares e de medicamentos do Brasil pretende abrir capital na Bolsa de Valores do Brasil (B3).

Neste material, a Suno pretende deixar claro mais detalhes sobre a futuro estreante na Bolsa permitindo que você decida se vale a pena investir na empresa.

Veja alguns destaques:

  • Mais de R$ 4,4 bilhões em receita líquida em 2020;
  • + 638 milhões em lucro bruto;
  • + 599 milhões em dívida bruta em 2020
  • + 1,2 bilhões em patrimônio líquido

IPO VIVEO (VVEO3). Vale a pena?

IPO da Viveo (VVEO3)

Atualmente, os serviços de saúde e o ecossistema de produtos da Viveo foram integrados em todo o processo, desde a fabricação do produto até a entrega aos clientes. A empresa produz gazes, compressas e diversos produtos hospitalares.

Seus clientes são diretamente hospitais, clínicas, laboratórios, farmácias e pacientes. O braço de distribuição hospitalar e clínica consiste na Distribuidora Mafra Hospitalar e na recém-adquirida Expressa Distribuidora de Medicamentos, cuja transação foi concluída em dezembro de 2020.

Um pouco mais sobre a empresa

O grupo foi criado em 1996, com o nome Mafra, em virtude de seu fundador, Carlos Mafra. As atividades da companhia começaram no segmento de distribuição de materiais e medicamentos hospitalares.


A Viveo, como é conhecida hoje, foi constituída em 2010, em Catalão (GO). No início, suas principais atividades eram a importação, exportação, distribuição e representação de medicamentos e insumos. Em 2013, sua sede foi transferida para Ribeirão Preto (SP).

Quatro anos depois, ela comprou a Tecnocold, empresa especializada em soluções para vacinas. Em 2018, os movimentos de M&A foram intensificados, com foco em ativos do setor de saúde. A DNA Capital entrou na estrutura societária, adquirindo 37% da companhia por meio de um aumento de capital; os recursos foram empregados majoritariamente na aquisição de 91,09% da catarinense Cremer, empresa voltada a produtos de primeiros socorros, cirurgia, tratamento e higiene.

Conteúdo do relatório da Viveo – (VVEO3)

Nossa análise da Viveo possui as seguintes características:

  • Cronograma da oferta
  • História
  • Governança Corporativa
  • Perfil Corporativo
  • Track record: M&A
  • Processo Distributivo
  • Setor e perspectivas
  • Pontos fortes
  • Riscos
  • Resultados
  • Endividamento
  • Valuation
  • Conclusão
  • E muito mais!

Não perca tempo.

Faça o download agora mesmo!

O relatório é construído para esclarecer todas as suas dúvidas em relação á empresa.

IPO VIVEO (VVEO3). Vale a pena?

Receba conteúdos diariamente por e-mail

Suno Research

Suno Research

A Suno Research é uma casa de análise de investimentos focada em fornecer as melhores informações para o público interessado no mercado de capitais. Conheça mais sobre os conteúdos da casa de análise em www.suno.com.br/artigos

Você pode se interessar por

Receba notícias pelo Telegram

Leia também

Tire dúvidas sobre investimentos

Últimas atualizações sobre

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.