Invista com equilíbrio, esse é o segredo

Data da publicação

Bacharel em Filosofia e pós graduado em Jornalismo Investigativo. Trabalhou no setor da educação e mídia-comunicação, e hoje produz em um blog onde deixa consignado pensamentos e análises, o Rascunho de Filosofia. Presta serviços de criação de conteúdo, criação de estratégia para redes sociais, otimização SEO, copywriting e UX Writer

Data da publicação

Segredo

Segurança, rentabilidade e liquidez

O equilíbrio é uma das metas mais buscadas na história humana. Desde Buda, com sua filosofia, até os ensinamentos matemáticos dos árabes, o equilíbrio sempre foi considerado o segredo para o sucesso.

Com os investimentos, acontece o mesmo: é preciso nivelar as suas intenções para que encontrem um ponto de equilíbrio. Por isso, antes de colocar a mão na carteira, precisamos nos atentar ao tripé em que todo investimento se apoia: segurança, rentabilidade e liquidez.

O que é o investimento e como ele pode ser eficiente

Investir nada mais é que dedicar a algo sua atenção monetária. Seja emprestando para recolher com juros ou seja aplicando para a melhoria de um setor ou de uma empresa, você aprova a ideia daquele que lhe pede um pouco do seu capital, dedicando uma parte do que você ganha para o uso dele.

Publicidade

Assim, para que sua confiança não seja infundada, você precisa considerar que o investimento se sustenta em três apoios: segurança, rentabilidade e liquidez.

A segurança rege o tamanho do risco que o investimento representa. Por exemplo, uma opção que reduz o risco a quase zero é o Tesouro Nacional que só vai quebrar se a nação inteira falir. É um baita ativo seguro.

A rentabilidade indica a porcentagem de multiplicação do seu investimento. Para isso, algumas métricas e nominações são estipuladas. Com certeza você já deve ter ouvido em um investimento que rende 100% do CDI, ou ainda um título que rende IPCA+4,8%. Mais ainda não é hora de explicarmos isso.

Por fim, a liquidez significa a quantidade de tempo para reembolsar o valor investido, com os devidos ganhos ou infelizes perdas.

Quais os pilares precisam de equilíbrio?

A utopia do Mercado seria um investimento que pudesse cumprir com os três, segurança elevada, rendimento alto e liquidez baixa, com eficiência. Mas isto é impossível. Então, o necessário é sempre tentar equilibrar dois destes três em seus investimentos.

Por exemplo, para algo que oferece baixa rentabilidade, o ideal é oferecer muita segurança e muita liquidez. Para investimentos que oferecem uma liquidez altíssima, onde você precisa esperar anos para retirar a sua parte financeira, é preciso que a segurança seja comprovada e a rentabilidade, no mínimo louvável.

Liquidez baixa e alta rentabilidade podem ser uma grande oportunidade, mas é preciso atenção, porque geralmente não oferecem muita segurança. Temos as criptomoedas para exemplificar tal investimento.

Publicidade

Em suma, todos os três pilares, sempre equilibrados em pelo menos dois de seus apoios, são aproveitados na carteira de um bom investidor. As porcentagens de cada investimento, porém, mudam de caso para caso.

Aproveite para equilibrar seu conhecimento com mais informações sobre Mercado Financeiro com os cursos que o Portal do Acionista oferece aos membros de seu clube. Fica aqui mais uma vez o cupom GUILHERME20 para que vocês possam fazer um bom uso.

Nos vemos em breve!

Autor

Bacharel em Filosofia e pós graduado em Jornalismo Investigativo. Trabalhou no setor da educação e mídia-comunicação, e hoje produz em um blog onde deixa consignado pensamentos e análises, o Rascunho de Filosofia. Presta serviços de criação de conteúdo, criação de estratégia para redes sociais, otimização SEO, copywriting e UX Writer

No Clube Acionista você tem acesso aos principais formadores de opiniões do mercado. Através de análises diárias entre diversos especialistas do país. Tudo isso em um só lugar!

Informações + Recomendações de investimentos em um só lugar

Compartilhe esse post nas suas redes!

Você pode se interessar por

Leia também

Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.