Investidor estrangeiro retira R$ 163,047 milhões da B3 no pregão de 20/11

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

Pela primeira vez no mês de novembro, investidores estrangeiros retiraram dinheiro da B3. No pregão de sexta-feira, 20, foram recolhidos R$ 163,047 milhões do mercado acionário à vista, segundo dados da operadora da Bolsa de Valores. Naquele dia, o Ibovespa teve queda de 0,59%, a 106.042,48 pontos e giro financeiro de R$ 24,4 bilhões, em dia de preocupação com o avanço da pandemia do novo coronavírus no Brasil e no mundo, além da volta à pauta do risco fiscal.

Após 13 sessões consecutivas com fluxo positivo, apoiadas na busca do investidor estrangeiro por mercados estrangeiros após a eleição do democrata Joe Biden como novo presidente dos Estados Unidos, e também com notícias quase diárias sobre avanços nas pesquisas envolvendo vacinas contra a covid-19, a marca fica no campo negativo pela primeira vez desde 30 de outubro. No acumulado da semana entre os dias 16 e 20 de novembro, o investidor estrangeiro entrou na B3 com R$ 8,245 bilhões.

Em termos mensais, a entrada chega a R$ 26,012 bilhões. É o maior nível da série de dados mensais, que vem desde o ano de 1995. O aporte deste mês é resultado de compras de R$ 251,379 bilhões e vendas de R$ 225,367 bilhões. No ano, os estrangeiros retiram R$ 58,874 bilhões do mercado acionário brasileiro. No final de outubro, a saída era de R$ 84,887 bilhões.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também