Publicidade

Klabin: O futuro é logo ali

Data da publicação

Categoria

A Inv é uma casa de análise financeira independente, regulada pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários). Não temos vínculo com nenhuma instituição financeira. Por isso, temos total liberdade para emitir opiniões e recomendações. Nosso propósito é levar a informação que você precisa para tomar a melhor decisão nos seus investimentos. Nosso time de especialistas é plural, sendo formado por profissionais extremamente capacitados. Cada qual com a sua especialidade e conhecimento de sobra na sua área mas, principalmente, com muita vivência de mercado. Na Inv, você aprende a investir na prática, de uma forma simples. Sem complicações. Para que você tenha sucesso nos investimentos.

Destaques

Categoria

Data da publicação

A Klabin tem um modelo de negócios integrado, contando atualmente com uma capacidade de produção de 4,2 milhões de toneladas/ano de celulose, sendo que cerca de 38% dessa produção está relacionada à venda de celulose branqueada que, usualmente, se torna em receita com exportação. Com os outros 60% (ou 2,6 milhões de toneladas/ano), a empresa atua no mercado de papéis e papelões industrializados. Esses produtos são utilizados majoritariamente para embalagens de alimentos (como caixas de papelão e embalagens da empresa Tetra Pak) e para caixas de papelão para e-commerces (como papel cartão).

Como a Klabin atua em um segmento verde – muitas vezes em substituição aos plásticos derivados do petróleo -, o setor vem recebendo um volume elevado de novas demandas neste sentido e, por conta disso, vem investindo pesadamente em sua expansão.

O primeiro projeto relevante é o Puma I, situado no estado do Paraná. A planta foi concluída em 2016 com uma capacidade de produção de 1,5 milhão de toneladas de celulose e contou com um investimento na ordem de R$ 8,5 bilhões.

Na sequência, no ano de 2019, a empresa iniciou uma nova etapa, o chamado projeto Puma II, também voltado para a expansão de uma planta integrada com foco no crescimento da celulose de fibra curta em sua primeira etapa e, na segunda parte, de papel cartão. O projeto já teve sua primeira máquina entregue no ano passado e deve ser 100% concluído no primeiro semestre de 2023. Situada em Ortigueira, também no Paraná, a planta teve um investimento de R$ 13 bilhões e expandiu a capacidade de produção em mais 910 mil toneladas/ano.

No mês passado, com a conclusão da primeira fase do Puma II, a Klabin anunciou um novo projeto de expansão. Denominado Figueira e situado em Piracicaba, interior de São Paulo, a iniciativa contará com um investimento de R$ 1,6 bilhão. A primeira fase irá possibilitar um aumento de produção em papel ondulado acima de 100 mil toneladas por ano e possui espaço suficiente para dobrar a sua capacidade de produção.

Além disso, um novo projeto é esperado pelo mercado na região Sul e especula-se que possa ser algo grande, talvez até maior do que Puma II. Dados oficiais não foram divulgados, mas estimamos que essa nova etapa pode ser concluída até 2028. Para isso, a Klabin precisaria investir algo como R$ 13 bilhões ou mais, dada a inflação de materiais.

Em 2022, o lucro operacional ajustado da companhia deve ficar por volta de R$ 7,5 bilhões. Desse montante, 20% deve ser pago em proventos aos acionistas, representando R$ 1,5 bilhão e uma renda em dividendos de 7,5%, mesmo com todos esses projetos de expansão ainda em andamento.

O futuro é logo ali…

Nossa estimativa é que a Klabin tenha projetos de expansão até 2030, um horizonte de tempo de oito anos, e que a empresa possa ter um crescimento médio de lucro operacional de 13% ao ano e, com isso, gerar R$ 21 bilhões de caixa. Diante disso, poderá iniciar um processo de desalavancagem e também liberar um volume maior de caixa para a distribuição em forma de proventos aos acionistas. Neste cenário, a companhia pode chegar a uma distribuição de R$ 5,3 bilhões em proventos, o que elevaria a renda para 25% na comparação com o preço atual.

João Abdouni, analista CNPI na Inv Publicações.

Autor

A Inv é uma casa de análise financeira independente, regulada pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários). Não temos vínculo com nenhuma instituição financeira. Por isso, temos total liberdade para emitir opiniões e recomendações. Nosso propósito é levar a informação que você precisa para tomar a melhor decisão nos seus investimentos. Nosso time de especialistas é plural, sendo formado por profissionais extremamente capacitados. Cada qual com a sua especialidade e conhecimento de sobra na sua área mas, principalmente, com muita vivência de mercado. Na Inv, você aprende a investir na prática, de uma forma simples. Sem complicações. Para que você tenha sucesso nos investimentos.

Informações + Recomendações de investimentos em um só lugar

Compartilhe esse post nas suas redes!

Você pode se interessar por

Publicidade

Leia também

Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Publicidade

A conexão certa para seus investimentos

Diversas recomendações para você investir melhor!

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.