Publicidade
Publicidade
Publicidade

Índice de preços da Ceagesp fecha 2021 com alta acumulada de 3,56%

Data da publicação

“O Estado de S. Paulo” é o mais antigo dos jornais da cidade de São Paulo ainda em circulação . Em 4 de janeiro de 1875, ainda durante o Império, circulava pela primeira vez “A Província de S. Paulo” – seu nome original.

Destaques

Data da publicação

Os preços dos mais de 150 produtos acompanhados pelo Índice Ceagesp encerraram o ano de 2021 com alta média acumulada de 3,56%. “O ramo hortifrutigranjeiro passou por momentos muito difíceis: além dos problemas econômicos causados pela pandemia, fatores climáticos tiveram influência, tais como geadas seguidas de estiagem e, por fim, frentes frias impertinentes. Porém, o setor realizou um grande esforço para a normalização da produção e da distribuição de alimentos frescos”, disse a Ceagesp em nota.

Considerado apenas o mês de dezembro, o índice Ceagesp registrou leve alta de 0,43%. O setor que apresentou o maior índice no mês foi o de legumes, com 3,22%. O setor de diversos registrou o menor índice, com -6,55%.

Publicidade

No ano, os setores de Legumes e Verduras registraram as maiores variações. “As fortes ondas de frio que ocorreram no meio do ano, com geadas mais rigorosas em alguns municípios e posterior estiagem prolongada, prejudicaram as culturas mais sensíveis das regiões produtoras do Sul, Sudeste e Centro-Oeste, diminuindo a quantidade ofertada, prejudicando a qualidade e fazendo com que os preços se elevassem. ”

As principais altas em frutas foram figo (1,81%), maracujá azedo (0,61%), acerola fresca (1,17%), uva Niágara (0,93%) e melancia redonda/comprida (0,89%). Em legumes, vagem macarrão (100,21%), pepino caipira (74,95%), pepino japonês (60,25%), pepino comum (52,78%) e ervilha torta (31,28%). Em verduras, salsão branco/verde (50,24%), couve-flor (25,06%), brócolis (21,84%), brócolis ninja (18,08%) e salsa (17,35%). Em diversos, cebola nacional (14,39%), ovos vermelhos (5,68%), coco seco (5,02%) e ovos brancos (1,05%). Em pescados, cavalinha (22,09%), corvina (10,24%), sardinha congelada (10,09%), espada (5,53%) e pintado (2,94%).

As principais quedas em frutas foram banana prata SP (-2,35%), abacaxi pérola (-0,96%), manga Tommy (-0,76%), banana nanica (-0,61%) e abacate margarida (-0,52%). Em legumes, berinjela (-28,13%), abóbora seca (-25,77%), batata-doce rosada (-22,72%), pimentão amarelo (-22,34%) e quiabo liso (-20,43%). Em verduras, alface crespa (-33,61%), acelga (-22,21%), alface americana (-20,84%), nabo (-20,18%) e chicória (-16,00%). Em diversos, batata asterix (-25,92%), batata lavada (-24,30%), alho estrangeiro argentino (-11,69%), milho de pipoca estrangeiro (-8,12%) e canjica (-4,60%). Em pescados. pescada (-19,02%), betarra (-15,89%), pescada-goete (-15,19%) namorado (-13,72%) e camarão-ferro (-9,275%).

Conforme a Ceagesp, neste primeiro trimestre de 2022 as condições climáticas podem ser prejudiciais para a produção agrícola, principalmente para as culturas mais sensíveis, como verduras e legumes. “Esses produtos devem apresentar problemas de qualidade e menor volume ofertado no início do ano. No setor de frutas, as chuvas nas regiões produtoras de Espírito Santo, norte de Minas, sul da Bahia e sudoeste de Pernambuco podem afetar a produção e qualidade desses produtos, com destaque para o mamão, mangas e uvas.”

Autor

“O Estado de S. Paulo” é o mais antigo dos jornais da cidade de São Paulo ainda em circulação . Em 4 de janeiro de 1875, ainda durante o Império, circulava pela primeira vez “A Província de S. Paulo” – seu nome original.

Receba informações do mercado financeiro no seu celular gratuitamente

Compartilhe esse post nas suas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Você pode se interessar por

Publicidade

Leia também

Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Publicidade

Telegram Acionista

Os principais destaques do mercado! A melhor cobertura.

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.