Publicidade
Publicidade
Publicidade

Setor de Aéreas: Visando aliviar tensão para as cias, governo concorda em zerar impostos

Data da publicação

A Guide é uma plataforma aberta de investimentos que guia pessoas para que o dinheiro não limite a vida. Conheça mais sobre os conteúdos da corretora em www.oguiafinanceiro.com.br

Destaques

Data da publicação

O governo concordou em zerar novamente a cobrança de Imposto de Renda sobre o arrendamento mercantil (leasing) de aviões, devido à intensificação do número de infecções por Covid-19 no país e aumento da tensão no cenário local.

Esta isenção vigorava desde os anos 1990 e terminou no ano passado; quando passou a ser aplicada alíquota de 1,5% sobre o envio de remessas internacionais para os donos das aeronaves. O IR “cheio” – de 15% sobre remessas – acabou de voltar.

As estimativas no setor e no próprio governo seguem sem mudanças, em um impacto entre R$ 430 milhões e R$ 600 milhões para o caixa das empresas em 2021. Com essa fatura preocupando as companhias, durante o processo de retomada da demanda por viagens regrediu vários passos, o governo aceitou recuar na cobrança.

O último apelo das companhias foi feito pelos presidentes da Latam, Gol e Azul ao ministro da Economia, Paulo Guedes, em uma reunião no dia 25 de fevereiro. Diante do cenário exposto pelas aéreas, que voltaram a cortar voos diante da nova onda de covid; Guedes alinhou-se aos ministérios da Infraestrutura e do Turismo, que já atuavam nos bastidores, à favor da isenção imposta.

Impacto: Positivo. A cobrança dos impostos assustava as aéreas, que por sua vez vinham tentando retomar os números da demanda aos poucos; a partir do momento em que os casos de infecção por Covid-19 voltaram a atingir patamares preocupantes no país. Após apelo das companhias aéreas, que já havia recebido apoio dos ministérios da Infraestrutura e do Turismo, o Governo concordou em zerar a cobrança.

Autor

A Guide é uma plataforma aberta de investimentos que guia pessoas para que o dinheiro não limite a vida. Conheça mais sobre os conteúdos da corretora em www.oguiafinanceiro.com.br

Receba informações do mercado financeiro no seu celular gratuitamente

Compartilhe esse post nas suas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Você pode se interessar por

Publicidade

Leia também

Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Publicidade

Telegram Acionista

Os principais destaques do mercado! A melhor cobertura.

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.