Governo publica exoneração de Salim Mattar e Paulo Uebel

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Receba notícias por Whatsapp

Receba notícias pelo Telegram

O Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, 18, confirma a exoneração de Sallim Mattar e Paulo Uebel de secretarias do Ministério da Economia, comandado por Paulo Guedes. Os dois pediram para deixar o governo na semana passada. Mattar estava à frente da área que toca as desestatizações e Uebel, da agenda de desburocratização.

O empresário Mattar e o economista Uebel saem após um ano e meio de dificuldades para implementar as medidas para quais foram convidados a integrar o governo de Jair Bolsonaro: as privatizações e a reforma administrativa, duas das quatro principais agendas de Guedes – além das reformas previdenciária e tributária.

Mattar manifestou insatisfação com o ritmo das privatizações. Segundo ele, “o establishment” não quer privatizações.

Já Uebel pediu demissão por discordar da estratégia do governo federal de deixar a reforma administrativa parada.

Ainda na semana passada, Guedes indicou os novos titulares para as duas secretarias.

Para o lugar de Mattar, foi escolhido o atual secretário de Desenvolvimento da Infraestrutura da pasta, Diogo Mac Cord.

Para substituir Uebel, o nome indicado é do presidente do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), Caio Andrade.

As nomeações ainda não foram publicadas no Diário Oficial.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também

Leia também

Mulheres em Ação