Governo lança site sobre projeto de incentivo à cabotagem, o BR do Mar

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

Com o objetivo de esclarecer dúvidas sobre o programa de incentivo à cabotagem, o BR do Mar, o Ministério da Infraestrutura lançou nesta quarta-feira, 9, um hotsite para o assunto. O governo enviou no início de agosto um projeto de lei ao Congresso para viabilizar o BR do Mar, que aguarda votação. Um dos pilares do programa é flexibilização do afretamento de embarcação estrangeira para a cabotagem, com objetivo de aumentar a frota disponível para o modal.

O site conta com vídeos, explicação sobre o programa, o projeto de lei, notas técnicas e entrevistas sobre o assunto, além de uma relação de entidades e empresas que apoiam o texto enviado pelo ministério ao Parlamento.

Na relação estão, por exemplo, a Frente Parlamentar da Agropecuária e a Associação Brasileira de Terminais Portuários (ABTP).

O site pode ser acessado por esse link: https://www.gov.br/infraestrutura/pt-br/brdomar

Para o governo, com o BR do Mar, será possível ampliar o volume de contêineres transportados por ano, saindo de 1,2 milhão de TEUs (unidade equivalente a 20 pés), em 2019, para 2 milhões de TEUs, em 2022.

Segundo a Infraestrutura, o projeto também vai possibilitar a ampliação em 40% da capacidade da frota marítima dedicada à cabotagem nos próximos três anos, excluindo as que operam no petróleo e derivados.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também