MANHÃ DO MERCADO: Prêmios nas curvas de juros embutem fortemente o prêmio de risco político

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Receba notícias por Whatsapp

Receba notícias pelo Telegram

Terra

CENÁRIO ECONÔMICO & MERCADOS

Citamos aqui algumas vezes que os prêmios embutidos nas curvas de juros estão longe de representarem a perspectiva de retomada da atividade econômica e sua consequente inflação, mas embutem fortemente o prêmio de risco político que no fim, é meramente fiscal.

A saída de Salim Mattar e Paulo Uebel do governo começa a mostrar o forte cansaço do corpo técnico do governo com os avanços políticos. Em ordem de velocidade, do mais rápido ao mais lento, tempos o tempo do mercado, o tempo da economia, o tempo do corpo técnico do governo e por último, o tempo da política.

Este último somente ganha velocidade em proximidade de trocas de mandato, o que não é o caso agora, em vista às eleições somente municipais. E é nesta velocidade diferenciada que muitas vezes a situação teima em não avançar.

As reformas trazidas pelo presidente Temer só ocorreram pois o mesmo se desvencilhou de quaisquer ambições políticas e levantou a pauta de 20 anos de reformas literalmente paradas no congresso. O problema agora é que Bolsonaro, além de estar no primeiro mandato, tem dois fatores importantes: a autopreservação e a ambição política.

Neste contexto, infelizmente, o presidente corre o risco de não somente perder mais pessoas relevantes no corpo técnico, como flerta perigosamente com a irresponsabilidade fiscal que pode derruba-lo, conforme alerta Paulo Guedes.

O tempo do mercado para reagir ao descalabro fiscal, infelizmente para o presidente; é rápido demais e todas as consequências das desconfianças dos investidores, locais e internacionais, são pesadas e sem piedade.

A classe política tem sua enorme responsabilidade na série de atrasos, na ânsia por se colocar novamente dentro do antigo status quo, o qual não faz mais parte do cenário brasileiro. Tentar usar a pandemia e todas suas vítimas para seus propósitos políticos, como extensão de calamidade é a pior faceta disto tudo.

Tencent, Cisco, Avast são os destaques da agenda corporativa internacional.

Localmente, Alupar, Banrisul, C&A, CR2, CSU, Eletrobrás, Eucatex, Fras-le, JSL, Locaweb, Mahle, Movida, Rossi, Ser Educacional, SLC, Taesa, Tecnisa, T4F, Ultrapar, Unipar e Viavarejo.

Hoje em destaque às vendas ao varejo no Brasil e a inflação ao varejo (CPI) nos EUA.

ABERTURA DE MERCADOS

A abertura na Europa é positiva e os futuros NY abrem em alta, atentos aos avanços da pandemia. Em Ásia-Pacífico, mercados positivos na sua maioria, observando os avanços da COVID-19 no mundo.

O dólar opera em queda contra a maioria das divisas centrais, enquanto os Treasuries operam positivos em todos vencimentos.

Entre as commodities metálicas, quedas, exceção ao minério de ferro. O petróleo abriu em alta em Londres e Nova York, com a queda inesperada dos estoques americanos.

O índice VIX de volatilidade abre em baixa de -6,82%.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Publicidade

Leia também

Destaques da bolsa ativos durante o pregão - das 10h as 17h - Fonte: Google Finance - delay aprox. de 20 min.

*Dados inativos fora do horário do pregão.

Por: Nelson Tucci

Toda segunda-feira

Por: Nelson Tucci

Toda segunda-feira