Indicador de Incerteza da Economia deverá recuar em agosto

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Receba notícias por Whatsapp

Receba notícias pelo Telegram

A Fundação Getulio Vargas (FGV) divulgou que a prévia do Indicador de Incerteza da Economia (IIE-Br) sinaliza uma queda de 2,2 pontos em agosto, para 161,7 pontos. Após o quarto mês em queda, o IIE-Br devolveria 51% da alta de 95,4 pontos observada no bimestre março-abril.

‘O tímido recuo na prévia de agosto corrobora a tendência de desaceleração do ritmo de queda do Indicador de Incerteza. O componente de expectativas continua, pelo quinto mês, acima de 200 pontos, refletindo as imensas dificuldades de se prever cenários para o futuro. Pelo andar da carruagem, a não ser que boas notícias no front da saúde, da economia e no campo político ocorram, o indicador deverá se manter em patamares muito elevados até pelo menos o final desde ano’, afirma Anna Carolina Gouveia, Economista da FGV IBRE.

O componente de Mídia recuou 1,3 ponto, para 142,8 pontos, nesta prévia de agosto. O componente de Expectativas, recuou 3,7 pontos, para 212,2 pontos. Ambos os componentes ainda estão em patamares considerados extremamente elevados, com destaque para o de expectativas; que devolvendo até o momento apenas 16% das altas ocorridas entre março e maio.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Publicidade

Leia também

Destaques da bolsa ativos durante o pregão - das 10h as 17h - Fonte: Google Finance - delay aprox. de 20 min.

*Dados inativos fora do horário do pregão.

Por: Nelson Tucci

Toda segunda-feira

Por: Nelson Tucci

Toda segunda-feira