Setor de Farmácias: Empresas terão novo ciclo de investimentos com demanda acelerada

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

O Brasil possui quase 90 mil farmácias, que foram de certa forma impactadas pela pandemia de Covid-19. No entanto, o setor deve a viver um novo ciclo de investimentos após 2021.

Mesmo nesse ambiente de incertezas no mercado de consumo, a demanda nas farmácias segue acelerada. Após a crise sanitária, a maior preocupação das pessoas com a própria saúde e as ofertas recordes de ações em 2020, que levaram a um aumento de liquidez, devem sustentar a velocidade de abertura de novos pontos e aumentar a taxa de crescimento de vendas.

A estimativa é de que haja um saldo final positivo, entre inaugurações e fechamentos, de cerca de 900 unidades no país neste ano; maior volume desde 2018, segundo a Abrafarma, entidade que reúne as maiores cadeias. Isto consiste em um volume maior doque o dobro do ano passado – em 2020, o saldo foi de 400 pontos.

O total passaria de 8,3 mil lojas das redes associadas para 9,2 mil entre 2020 e 2021. A associação responde por quase metade das vendas em drogarias no país.

Impacto: Positivo. Após a crise sanitária, a preocupação dos consumidores com a saúde e bem-estar vem contribuindo para aumentar a liquidez e a velocidade da abertura de novos pontos de farmácias. As empresas devem ter em 2021 um grande aumento nas taxas de vendas.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também

Conheça o Painel Acionista: em um só lugar tudo o que você precisa saber sobre investimentos