Empréstimos concedidos para empresas crescem 16% no primeiro trimestre de 2021

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Empréstimos concedidos para empresas crescem 16% no primeiro trimestre de 2021

Empréstimos concedidos para empresas crescem 16% no primeiro trimestre de 2021

Após passar por um ano bastante conturbado devido à pandemia de Covid-19, as PMEs começam a dar sinais de sua retomada. É o que revela um levantamento realizado pela BizCapital, fintech de soluções financeiras para micro e pequenas empresas.

Segundo o estudo, o número de empréstimos concedidos para empresas aumentou 16% no primeiro trimestre deste ano em comparação ao mesmo período de 2020. O capital de giro é a principal razão que leva às empresas a tomarem um empréstimo, representando 65% do total das solicitações no período.

Segundo Francisco Ferreira, CEO e cofundador da BizCapital, o aumento do número de casos do Coronavírus no país pode ter sido um dos fatores que colaboraram para esse crescimento.

“Muitas empresas apostaram suas fichas na recuperação e retomada do negócio já no primeiro trimestre do ano. Não foi à toa que 65% dos empréstimos foram feitos para capital de giro, investimento que supre as necessidades básicas de uma empresa e a mantém em funcionamento. A expectativa das PMEs era começar o ano garantindo a saúde financeira e crescimento sustentável do negócio, mesmo durante um período de crise”, comenta Ferreira.

Empréstimos concedidos para empresas crescem 16% no primeiro trimestre de 2021

Empresas

Com a intensificação das medidas de isolamento social, mudaram também os padrões de consumo da população, o que significa que alguns setores sentiram, ainda mais, os impactos provocados pela pandemia. O setor de varejo representa 40% do total de empréstimos concedidos no primeiro trimestre de 2021. Já em comparação com o mesmo período do ano passado, houve um aumento de 45% nos pedidos de crédito PJ pelo setor.

Quando falamos de crescimento de setor, os serviços de saúde se destacaram no neste início de 2021. Ainda segundo o levantamento da BizCapital, o segmento praticamente dobrou o valor dos empréstimos em relação ao primeiro trimestre do ano passado.

“Não existe uma fórmula pronta para a retomada das empresas neste início de ano. O mais importante é que o empreendedor faça um bom planejamento baseado nas particularidades do seu negócio, repense seu modelo de vendas e pesquise as possibilidades de negociar prazos, taxas de juros com fornecedores e dívidas ativas neste momento. É preciso apostar na recuperação e participar ativamente dessas mudanças. Ainda há tempo para se reerguer e crescer”, finaliza o CEO.

BizCapital

Fundada em 2016, a fintech se destaca por oferecer soluções financeiras para pequenas e médias empresas. A ideia da empresa surgiu para atender os empreendedores de diversos segmentos que precisavam de empréstimos para capital de giro, compra de estoques ou equipamentos. A velocidade na entrega do dinheiro é o grande diferencial da startup carioca, que realiza o depósito na conta em até um dia e sem burocracias.

  • Só clique aqui se já for investidor

O post Empréstimos concedidos para empresas crescem 16% no primeiro trimestre de 2021 apareceu primeiro em 1 Bilhão Educação Financeira.


Como podemos ajudar você?

Em nosso canal do Telegram você receberá as principais notícias que movimentam o mercado.

Na área O que comprar você acompanha diversas sugestões e atualizações.

Em nossas Assinaturas você pode conferir diversas recomendações, análises e conteúdos exclusivos.

Receba conteúdos diariamente por e-mail

1Bilhão Educação Financeira - Gueratto

1Bilhão Educação Financeira - Gueratto

Matérias por 1Bilhão - Educação Financeira; Fabrizio Gueratto; e Gueratto Press.

Você pode se interessar por

Publicidade

Receba notícias pelo Telegram

Leia também

Tire dúvidas sobre investimentos

Últimas atualizações sobre

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.