Empresas mais lucrativas da história na América Latina

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

Vale é a primeira da lista entre as empresas mais lucrativas da América Latina no 3º trimestre de 2020 e registra o maior lucro da história para um 3º trimestre.

Petrobras tem as maiores receitas da LATAM.

Empresas brasileiras registram crescimento de lucratividade no 3º trim. de 2020 com relação ao 3º trim. de 2019.

Lucros históricos no 3º trimestre

O lucro da Vale SA no 3º trimestre de 2020 é de R$ 15,6 milhões, que é o maior lucro já registrado por uma empresa de capital aberto para um 3º trimestre com valores nominais.

O segundo maior lucro historicamente pertence também à Vale com R$ 12,4 milhões no ano de 2008.

Vale e a Petrobras estão presentes em sete oportunidades entre os 20 maiores lucros nominais historicamente para um 3º trimestre.

Empresas mais lucrativas no 3º trimestre em LATAM

A tabela abaixo apresenta as 20 empresas de capital aberto mais lucrativas na América Latina no 3º trimestre de 2020.

A Vale é a líder com US$ 2,76 bilhões, seguida pela mexicana América Mobil com US$ 851,7 milhões e o ItauUnibanco com US$ 796,3 milhões.

Entre os 20 maiores lucros temos 12 empresas brasileiras, seis mexicanas e Peru e Colômbia têm uma empresa cada uma.

O setor de bancos tem seis empresas entre as 20 empresas mais lucrativas de LATAM, seguido pelo setor de mineração com três empresas. Os setores de seguros e alimentos&bebidas participam com duas empresas cada.

Dez das vinte empresas mais lucrativas registram crescimento de lucratividade no 3º trimestre de 2020 com relação ao 3º trimestre de 2019.

O maior crescimento percentual foi da Cyrela Realt com crescimento de 892% entre o 3º trimestre de 2020 e de 2019 e a maior queda fica por conta da BB Seguridade com queda de -76,2%.

Maiores receitas no 3º trimestre de 2020 na América Latina

A Petrobras é a empresa de capital aberto da América Latina com maior volume de receita líquida operacional com US$ 12,5 bilhões, valor 32,2% inferior ao do 3º trimestre de 2019.

Nove empresas da tabela são brasileiras, sete mexicanas, três chilenas e uma colombiana.

Os setores de Petróleo&Gás e Comércio têm cinco empresas entre as 20 empresas com maiores receitas no 3º trimestre de 2020. Quatro empresas são de alimentos&bebidas, duas de mineração e quatro outro setores apresentam uma empresa cada um.

Sete empresas têm crescimento de receita no 3º trimestre de 2020 com relação ao de 2019, sendo que o Pão de Açúcar tem o maior crescimento em dólares com 16,2%.

Treze empresas apresentam queda de receita no 3º trimestre de 2020 com relação a 2019 e a Copec do Chile registra a maior queda com -40%.

Lucro consolidado das empresas de capital aberto do Brasil no 3º trimestre de 2020 vs 2019

O lucro líquido de 283 empresas de capital aberto brasileiras não financeiras no 3º trimestre de 2020 é de R$ 20,8 bilhões, que é 86,9% superior ao do 3º trimestre de 2019. No levantamento não foram consideradas a Petrobras e Vale devido ao elevado crescimento ou queda de lucratividade registrados no período analisado.

Empresas não financeiras + financeiras (sem Petrobras e Vale)

O lucro consolidado de 315 empresas brasileiras de capital aberto sem Petrobras e Vale registra R$ 42,7 bilhões de lucratividade no 3º trimestre de 2020, que é 12,5% superior ao do mesmo período de 2019.

Já se considerarmos a totalidade de empresas incluindo Petrobras e Vale, as 317 empresas no 3º trimestre de 2020 registram lucro de R$ 56,7 bilhões, que é 6% superior ao lucro do 3º trimestre de 2019.

Dos 26 setores listados, 11 têm queda de lucratividade no ano de 2020 com relação ao ano de 2019.

O setor de bancos com 24 instituições registra o maior lucro no 3º trimestre de 2020 com R$17,6 bilhões, lucro que é -18,6% inferior ao do ano de 2019. O setor de Energia Elétrica é o segundo setor mais lucrativo com R$ 8,87 bilhões, valor 18,6% superior ao do ano de 2019.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também

Conheça o Painel Acionista: em um só lugar tudo o que você precisa saber sobre investimentos