CCR SA (CCRO3) – Todos os segmentos melhorando

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Após o último pregão, a empresa divulgou seus dados operacionais do período entre 6 e 12 de novembro, mostrando a paulatina melhora em todos seus segmentos de atuação (administração de rodovias, mobilidade urbana e aeroportos), que foram muito afetados pelas medidas de distanciamento social usadas para o combate à pandemia de Covid-19.

Estes dados indicam que a CCR poderá continuar obtendo melhores resultados, assim como ocorreu no 3T20, que foi divulgado na semana passada.

O tráfego consolidado da CCR (sem a ViaSul) entre os dias 6 e 12 de novembro, comparado a igual período do ano passado, mostrou um aumento 2,3%, com queda de 5,5% na movimentação dos veículos de passeio, mais que compensada pelo aumento de 8,5% nos pesados.

No acumulado do ano, até o dia 12 de novembro, a movimentação nas rodovias administradas pela CCR (incluindo ViaSul) caiu 15,9% em veículos de passeio, mas aumentou 7,8% em comerciais, levando a uma diminuição de 3,2% no tráfego total.

A movimentação nos aeroportos e nas cidades melhorou entre 6 e 12 de novembro. Na CCR Mobilidade, o número de passageiros transportados caiu 48,0%, número bem melhor que no período anterior, quando a queda foi de 54,5%. Na CCR Aeroportos, a contração no período foi de 59,1%, também menor que no anterior (-62,2%).

Vale lembrar que no 3T20 os resultados da CCR mostraram recuperação no tráfego, na receita, rentabilidade operacional e no lucro em relação ao trimestre anterior. Porém, na comparação com o mesmo trimestre do ano passado, observa-se ainda um longo caminho para o retorno à rentabilidade que a empresa já teve. No 3T20, a CCR obteve um lucro de R$ 118 milhões (R$ 0,06 por ação); 65,2% menos que no mesmo período do ano passado, mas revertendo o prejuízo de R$ 142 milhões do 2T20.

Nossa recomendação para CCRO3 é de Compra com Preço Justo de R$ 17,50 (potencial de alta em 49%). Nos últimos doze meses, as ações da CCR caíram 29,3% e o Ibovespa teve uma desvalorização de 1,3% no período. A última cotação de CCRO3 (R$ 11,75) estava 39,2% abaixo da máxima alcançada em 2020, mas 34,7% acima da mínima.

GUIDE INVESTIMENTOS: CCR SA (CCRO3) divulga evolução do tráfego em suas concessões

A CCR novamente divulgou a evolução de seus fluxos. O período analisado vai do dia 6 a 12 de Novembro, no qual o volume nas concessões rodoviárias já é positivo, com relação ao mesmo período em 2019, em 8,2%.

No total do ano, as rodovias apresentam queda de -3,2%.

Na Mobilidade, a queda é de -48,0% no período e -46,7% no ano.

Por fim, em aeroportos a queda é de -59,1% no período e -62,5% no ano.

Impacto: Positivo. Com relação aos números divulgados na semana passada, novamente houve uma evolução positiva. Reiteramos nosso posicionamento positivo para o ativo, que deve alavancar valor nos próximos meses, com o aumento da circulação de pessoas nas ruas, especialmente durante as festas de final do ano e verão.

Receba conteúdos diariamente por e-mail

Planner

Planner

A Planner tem o compromisso de transformar oportunidades do mercado financeiro em resultados que adicionam valor ao patrimônio de pessoas e empresas. Conheça mais sobre os conteúdos da corretora em www.planner.com.br/conteudo/educacional

Você pode se interessar por

Publicidade

Receba notícias pelo Telegram

Leia também

Tire dúvidas sobre investimentos

Últimas atualizações sobre

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Já acessou o
Clube Acionista hoje?

A conexão certa para seus investimentos

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.