Em assembleia-geral ordinária (AGO) realizada no dia 29 de abril, a Taesa (TAEE11) aprovou a destinação do lucro líquido do exercício de 2023 da seguinte forma:

– i) R$ 1,4 milhão compensados da reserva de incentivos fiscais;
– ii) R$ 232,9 milhões destinados para reserva de lucros a realizar, referente à adoção do CPC 47;
– iii) R$ 746,0 milhões em proventos pagos entre 2023 e janeiro de 2024 – R$ 329,3 milhões em dividendos intercalares e R$ 416,7 milhões em juros sobre o capital próprio (JCP); e
– iv) R$ 390,3 milhões em dividendos mínimos obrigatórios remanescentes a serem pagos nesta quinta-feira,16 de maio, com base na posição acionária de 3 de maio.

 

Desde o dia 6 de maio, as ações passaram a ser negociadas “ex-dividendos” na B3 S.A. – Brasil, Bolsa e Balcão.
 

Publicidade

CONHEÇA A COBERTURA QUE VAI

AUMENTAR SEU DINHEIRO NOS INVESTIMENTOS

Agendas, Análises, Recomendações, Carteiras e muito mais!