Diesel e gasolina fecham semestre em queda, diz MME; GLP 13 kg sobe 15,3%

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

Todos os derivados de petróleo fecharam o primeiro semestre em queda, com exceção do gás de cozinha, segundo o Boletim Semanal do Ministério de Minas e Energia (MME). A maior queda continua sendo registrada pelo querosene de aviação (QAV), de 75,1%, acumulada nos primeiros seis meses do ano, refletindo a crise do setor.

O diesel, que ensaiou recuperação até o dia 27 de junho, fechou o semestre em queda de 2,4%, abaixo da gasolina (-7,6%) e do etanol (-23,4%). Já o Gás Liquefeito de Petróleo 13 Kg (gás de cozinha), subiu 15,3%, enquanto o volume de GLP a granel vendido para as indústrias caiu 3,2%.

Segundo o MME, o fator de utilização das refinarias da Petrobras também foi reduzido no final do primeiro semestre, saindo de um pico 75,2% atingido no dia 29 de junho para 72,6% na primeira semana de julho.

O MME informou ainda, que já foram 15 os óbitos nas empresas ligadas ao ministério por causa do novo coronavírus, com 1.801 casos recuperados e 372 pessoas ainda em quarentena, com 14 hospitalizados.

Pela primeira vez, a Petrobras informou que teve 3 óbitos entre seus funcionários próprios, de 1.523 que foram infectados pelo covid-19 , e que 212 estão em quarentena, e 8 hospitalizados.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também

Leia também

Conheça o Painel Acionista: em um só lugar tudo o que você precisa saber sobre investimentos