Publicidade
Publicidade

Direitos Humanos: 4 livros que retratam grandes causas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

O dia dos direitos humanos, foi instituída pela ONU (Organização das Nações Unidas) em 10 de dezembro de 1948 com a Declaração Universal dos Direitos Humanos. Desde então, a cada ano o tema ganha referência à cerca de diversos temas essenciais.

Portanto, a data é usada para celebrar o Dia Internacional dos Direitos Humanos, como um momento para refletir sobre cada causa.

Neste contexto, indicamos algumas obras que retratam grandes causa em prol da humanidade.

Publicidade



Mahatma Gandhi: O apóstolo da não violência

Gandhi trata da no livro sobre diversos fatos, trazendo estudos pessoais, suas ações como líder do movimento da independência da Índia, a vida espiritual e muito mais.

Confira aqui.

A autobiografia de Martin Luther King

Um dos maiores símbolos da luta por igualdade, justiça e paz da humanidade, Martin Luther King liderou uma revolução que mudou os Estados Unidos e influenciou o mundo inteiro.

Por sua política de resistência e transformação social através da não violência, recebeu o Prêmio Nobel da Paz em 1964. Com base em arquivo inédito de textos autobiográficos do próprio King, incluindo cartas e diários não publicados, assim como filmes e gravações, Clayborne Carson – historiador da Universidade Stanford e diretor do Martin Luther King Jr. Research and Education Institute – cria um inesquecível retrato em primeira pessoa do grande líder.

“Valioso e inestimável. King era eloquente e refinado de forma consistente, um mestre da palavra e do efeito, dono de uma voz inconfundível e verdadeira.”

Confira aqui.

Mulheres, Mitos e Deusas: O feminino através dos tempos

O livro trata de diversos dilemas vividos por mulheres e a essência feminina no mundo, demonstrando os mitos e lendas construídos no entorno da mulher.

Algumas mulheres conheceram o céu, outras o inferno; umas foram enaltecidas, santificadas, outras demonizadas; mas todas tocaram as profundezas do próprio ser, chegaram ao limite de sua condição e de seu tempo e se eternizaram na história.

Ao tomar contato com a história e os dilemas vividos por figuras como Afrodite, Cinderela, Simone de Beauvoir e Virginia Woolf, a autora nos guia em uma viagem de resgate da essência perdida ao ressignificar o papel feminino no mundo.

O livro revela uma análise inteligente dos arquétipos, dos mitos e das lendas construídos em torno da mulher, demonstrando como eles acabaram por reafirmar o machismo na cultura ocidental.

Confira aqui.

Longe da árvore

Diagnosticado com dislexia na infância, Andrew Solomon conta que a superação dessa deficiência só foi possível porque ele pôde contar com a paciente dedicação dos pais, em especial de sua mãe, num lar estruturado. Criado num ambiente privilegiado – a culta classe média judaica de Nova York -, Solomon sempre teve acesso a todo afeto e atenção terapêutica necessários ao tratamento.

Entretanto, quando sua homossexualidade latente transpareceu na adolescência, os mesmos pais que sempre o haviam cercado de carinho e compreensão reagiram com intolerância e vergonha. Ele teve de se afastar traumaticamente da família para conseguir vivenciar a plenitude de sua identidade sexual.

Muitos anos depois, para tentar entender as relações entre essas duas identidades divergentes das expectativas dos pais, e como elas puderam provocar sentimentos tão antagônicos, o autor realizou uma abrangente pesquisa sobre o universo da diversidade em famílias com filhos marcados pela excepcionalidade.

Surdos, anões, portadores de síndrome de Down, autistas, esquizofrênicos, portadores de deficiências múltiplas, crianças prodígios, filhos concebidos por estupro, transgêneros e menores infratores: dez “identidades horizontais” (isto é, divergentes dos padrões familiares, linguísticos e sociais predeterminados), sujeitas em graus distintos a influências genéticas e ambientais, compõem a constelação de temas deste magnífico tour de force sobre os sentidos de ser diferente e, principalmente, de aprender a amar e respeitar as diferenças.

Confira aqui.


Deseja aproveitar as últimas oportunidades da Amazon?

Confira a seleção com as melhores ofertas e SUPER DESCONTOS entre os produtos eletrônicos da loja:

SUPER OFERTAS


ENTENDA MAIS SOBRE INVESTIMENTOS

Venha conhecer o Clube Acionista, a plataforma que reúne conteúdos exclusivos para ajudar quem quer entender melhor sobre o mundo dos investimentos. Trilhas educativas para você tirar as principais dúvidas e descobrir como potencializar seus rendimentos. O cadastro é totalmente gratuito. Aproveite!

Você também pode entender mais sobre o mercado com os conteúdos diários do Portal Acionista.

Acionista.com.br

Acionista.com.br

O portal Acionista.com.br aproxima investidores, informações e investimentos com conteúdos atualizados diariamente sobre o mercado financeiro e as companhias abertas nos diferentes meios digitais – website e redes sociais.

Você pode se interessar por

Publicidade

Leia também

Acionista consome. Acionista investe.

Você como Acionista, consome da
empresa que investe?

Receba notícias pelo Telegram

Publicidade

Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Publicidade

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.