Consumo de energia sobe e indústria registra maior alta desde abril de 2018

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

Planner
Todas as regiões brasileiras registraram alta no consumo de energia elétrica em setembro, na comparação com o mesmo mês do ano passado, o que não acontecia desde novembro de 2019, segundo a Resenha Mensal publicada pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE). A alta garantiu o segundo aumento consecutivo do consumo total de energia elétrica no País, da ordem de 2,6%, atingindo 40.227 gigawhatts-hora (Gwh).

Entre as regiões, a Norte se destacou em setembro, com alta de 4,9% no consumo, seguida da região Sul, 3,5%; Nordeste, 2,9%; Sudeste, 2,2%; e Centro-Oeste, 0,9%.

O mercado livre continua subindo com força (9,3%), depois de já ter crescido 5,6% em agosto e 1,5% em julho, na contramão do mercado cativo, representado pelas distribuidoras, em queda de 0,8% em setembro, depois de já ter perdido 0,9% em agosto e 3,2% em julho.

A indústria teve a maior alta de consumo de energia elétrica em setembro desde abril de 2018 (5,7%), puxada principalmente pelo setor metalúrgico (8,5%). O setor industrial ainda não conseguiu, no entanto, recuperar as perdas causadas pela redução da atividade, acumulando nos nove primeiros meses queda de 3,3% comparada ao mesmo período do ano passado.

O consumo residencial de energia cresceu pelo terceiro mês consecutivo (7,6%), resultado da soma do aumento das temperaturas,maior aquisição de aparelhos eletrodomésticos, e o isolamento social imposto pela pandemia do Covid-19. O segmento acumula alta de 3,3% de janeiro a setembro na comparação anual.

Já o comércio continua registrando queda no consumo de energia, de 8% em setembro, mantendo o impacto negativo causado pela pandemia no setor e acumulando redução de 11,2% de janeiro a setembro.

De maneira geral, o consumo de energia elétrica brasileiro acumula queda de 2,6% até setembro e de 1,4% nos últimos 12 meses, informou a EPE.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também

Conheça o Painel Acionista: em um só lugar tudo o que você precisa saber sobre investimentos