sábado, dezembro 7, 2019

“Coincidentemente, ou não”

-

São Paulo, 11 de setembro de 2019 (QUARTA-FEIRA).


Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, ampliando os ganhos acumulados no mês (1,9%) e (2) o DÓLAR pode cair, influenciado pelo anúncio do BC, feito após o fechamento do pregão de ontem, de aumento do volume de leilões de venda da moeda norte-americana.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,1%, devolvendo os ganhos da abertura e realizando lucros após 4 pregões seguidos de alta, seguindo a instabilidade das bolsas de NY e com destaques de queda para as varejistas, abaladas pelo lançamento da Amazon Prime no Brasil e (2) o DÓLAR caiu -0,1% à R$ 4,09, devolvendo os ganhos da abertura, quando na máxima atingiu R$ 4,13, aguardando a reunião de política monetária do BC Europeu e monitorando o bom andamento da reforma da previdência no Senado.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão 0,3%, impulsionada por ações financeiras e de montadoras e China -0,1%, prejudicada pela divulgação de que a inflação do país recuou -0,8% em AGO/19, evidenciando a fraca demanda doméstica, (2) da EUROPA, Inglaterra 0,4%, França 0,1% e Alemanha 0,4%, com os investidores “apostando” que o BC europeu anunciará um pacote de estímulos à economia e beneficiadas por declarações do ministro das Finanças alemão, Olaf Scholz, que afirmou dispor de “muitos, muitos bilhões” de euros para enfrentar uma crise econômica e (3) dos EUA, recuperando quase todas as perdas da abertura, S&P 0,1%, DJ 0,3% e NASDAQ -0,1%, divididas entre as perdas das ações do setor de tecnologia, como Netflix (-2,2%), Microsoft (-1,1%) e Facebook (-1,4%), e o bom desempenho das ações do setor industrial, como Boeing (2,3%) e Caterpillar (2,4%).

Apesar de Bolsonaro ter negado veementemente em sua campanha, e seguir sem estar convencido do assunto, ontem Paulo Guedes, ministro da economia, confirmou que tentará aprovar, em sua proposta de reforma tributária, a criação de uma CPMF de 0,4% sobre depósitos em dinheiro e para pagamentos em débito ou crédito, ressaltando que seu objetivo é que este novo imposto substitua gradualmente a tributação sobre salários.

Um pouquinho mais otimista, o governo Bolsonaro elevou, desta vez de 0,81% para 0,85%, suas “apostas” para o crescimento do PIB brasileiro este ano, ressaltando que, partir de SET/19, vamos poder observar com mais consistência a retomada da economia.

Focado em fazer negócios com quem importa, Ernesto Araújo, ministro tupiniquim das Relações Exteriores, embarca esta semana para Washington para acertar a data da visita de Trump ao Brasil e para negociar, entre outras medidas, ações de facilitação do comércio entre Brasil e EUA, que se aproximam cada dia mais de um acordo comercial mais abrangente.

Coberto de razão, Roberto Castelo Branco, presidente da Petrobrás, afirmou que a exploração de recursos naturais enfrenta preconceito no Brasil e é prejudicada por um “fetiche da industrialização”, que cobra investimentos em produtos de alto valor adicionado.

–    A Apple subiu 1,2% na bolsa de NY, após anunciar, em seu tradicional evento em Cupertino (CA) (1) seu novo serviço de streaming, (2) a quinta geração do Apple Watch e (3) um novo trio de novos iPhones, com câmeras adicionais e maior vida útil da bateria.

–    A Ford recuou -1,3% na bolsa de NY, após a agência de classificação de risco Moody’s rebaixar sua “nota” para a empresa, fazendo-a perder o grau de investimento.


Política:

Notório e poderoso bandido, Rodrigo Maia, que é presidente da Câmara, defendeu ontem, sem nenhuma vergonha em sua cara de pau, a aprovação de uma lei para impedir que magistrados de primeira instância determinem medidas contra políticos como prisão, quebra de sigilo bancário e telefônico e mandados de busca e apreensão.

Colocando Doria, governador de SP, no mesmo balaio homofóbico de Crivella, prefeito do RJ, o Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana criticou a decisão do governo de SP de retirar das escolas apostilas alegando apologia à ideologia de gênero.

Perdendo a enésima oportunidade de ficar calado, atrapalhando o governo Federal e dando mais munição para a imprensa socialista tupiniquim, Carlos Bolsonaro afirmou, por meio de suas redes sociais, que “por vias democráticas a transformação que o Brasil quer não acontecerá na velocidade que almejamos”.

Com o objetivo de conseguir votos dos bandidos do Senado, Augusto Aras, amigo de petistas, admirador de Che Guevara e, mesmo assim, indicado por Bolsonaro para ser o novo Procurador Geral da República, afirmou ontem, para um grupo de cerca de 18 senadores, que a operação Lava Jato não pode se perder em “vaidades pessoais” de seus membros.

Prendendo bandidos, mesmo com a enorme possibilidade do STF soltar, ontem a operação Lava Jato do RJ enjaulou Márcio Lobão, filho do ex-ministro e ex-senador emedebista Edison Lobão, acusado de receber cerca de R$ 50mi de propina dos grupos Estre e Odebrecht de 2008 a 2014.

Com claro objetivo de aniquilar a operação Lava Jato, a Advocacia-Geral da União, que é controlada pelo presidente Bolsonaro, deve emitir nos próximos dias um parecer defendendo que o TCU e a CGU podem auditar a Receita Federal.

Mostrando que, decepcionado com as atitudes de Bolsonaro, o bolsonarismo está se fragmentando, Carlos Henrique Bastos, que administra o famoso grupo ZapBolsonaro no WhatsApp, afirmou que “nem no governo do PT a Lava Jato esteve tão ameaçada” por medidas como (1) a proibição da utilização dos dados do COAF nas investigações, (2) a decisão da 2ª Turma do STF em anular a condenação de Bendine, (3) a Lei de Abuso de Autoridade, (4) a indicação de Aras para a PGR e (5) a visível guerra para tentar barrar a abertura da CPI da Lava Toga.

Podendo, em breve, fazer companhia para Lula na cadeia, Dilma está no centro das atenções dos trabalhos mais recentes da Lava Jato, já que as últimas 2 operações foram concentradas em pessoas ligadas diretamente à referida ex-presidenta, além de tratar do financiamento das suas duas campanhas presidenciais, de 2010 e de 2014.

Bastião da ética e da moral tupiniquim, o advogado Modesto Carvalhosa protocolou na PGR notícia-crime contra o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, pelos crimes de prevaricação, fraude processual e abuso de autoridade por impedir o regular processamento das denúncias de crimes de responsabilidade em desfavor dos ministros do STF Gilmar Mendes, José Dias Toffoli e Alexandre de Moraes.

Corporativista e nefasta, como de costume, ontem, por 3 votos a 2, a Segunda Turma do STF rejeitou uma denúncia contra o ministro Aroldo Cedraz, do TCU, que foi acusado do crime de tráfico de influência junto com seu filho, o advogado Tiago Cedraz.

Livrando da cadeia bandidos da organização criminosa petista, ontem a Justiça Eleitoral arquivou um inquérito contra Aloízio Mercadante e Edinho Silva, acusados de receberem R$ 1mi de propina da Odebrecht nas eleições de 2010.


Crítica:

Em declarações públicas a CVM deixou claro que, se depender apenas dela, qualquer mudança na legislação dos AIs só ocorrerá em 2021 e “coincidentemente, ou não”, a Corretora líder do mercado de AIs, que obviamente é contra o fim da exclusividade na distribuição de valores mobiliários, (1) tem em seu contrato de venda de 49,9% de suas ações para o maior banco privado do país cláusulas de desempenho que serão avaliadas em 2021 e (2) anunciou esta semana que retomará em breve seus planos de fazer um IPO na bolsa de NY.


PAZ, amor e bons negócios;


O “R.B.” representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com


Advertência
Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.
É proibida a reprodução do conteúdo das páginas em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Acionista.com.br
- Anúncio-

Acionista - Newsletter

Últimas Notícias

rapidas - "Coincidentemente, ou não"