Publicidade

CME Group: maioria ainda aposta em alta de juro pelo Fed em maio

Data da publicação

“O Estado de S. Paulo” é o mais antigo dos jornais da cidade de São Paulo ainda em circulação . Em 4 de janeiro de 1875, ainda durante o Império, circulava pela primeira vez “A Província de S. Paulo” – seu nome original.

Data da publicação

A maioria dos investidores segue apostando na primeira elevação da taxa básica de juros pelo Federal Reserve em maio de 2022, mostra monitoramento do CME Group. No entanto, as apostas para aumento da taxa na reunião de março do ano que vem, quando deve ser encerrado o tapering, aumentaram. Hoje, o Fed anunciou a aceleração no processo de redução da compra de ativos e a previsão para três altas de juros no ano que vem.

Até a reunião de decisão monetária de 4 de maio, 36,4% das apostas monitoradas pelo CME são de manutenção dos juros entre 0% e 0,25% (contra 42,7% ontem). Já 46,8% são de elevação de 25 pontos-base (ante 43,6% ontem), 16,0% de aumento de 50 pontos-base (ante 12,7% ontem) e 0,7% são para alta de 75 pontos-base (frente 1,0% de ontem).

Para a reunião de 16 de março, a aposta majoritária segue sendo de manutenção da faixa atual, mas caíram de 66,2% ontem para 56,4% hoje. Já as apostas de elevação em 25 pontos-base subiram de 31,2% para 41,66%. Para alta de 50 pontos-base, encolheram de 2,6% para 2,0%.

Autor

“O Estado de S. Paulo” é o mais antigo dos jornais da cidade de São Paulo ainda em circulação . Em 4 de janeiro de 1875, ainda durante o Império, circulava pela primeira vez “A Província de S. Paulo” – seu nome original.

Informações + Recomendações de investimentos em um só lugar

Compartilhe esse post nas suas redes!

Você pode se interessar por

Publicidade

Leia também

Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Publicidade

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.