Cielo e Anima sobem com aquisições, CSN, Hapvida e mais

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

Cielo

Confira as notícias mais relevantes a respeito das principais empresas da bolsa de valores. No Radar Empresas de hoje temos Cielo, Anima, CSN, Hapvida e CVC.

Cielo (CIEL3) passa a deter 100% do capital social da Multidisplay

A Cielo comunicou que os acionistas minoritários da controlada, Multidisplay, venderam sua participação para a Cielo.

Desse modo, o exercício da opção envolveu ações representativas de 8,56% do capital social. Enfim, a Cielo passa a deter 100% do capital social da Multidisplay.

O mercado parece ter aprovado o movimento, já que a Cielo tinha alta de 3,18% às 11h41, em um dia de queda até agora no Ibovespa.

Anima (ANIM3) anuncia aquisição da startup de educação MedRoom

A Anima Holding anunciou ao mercado a aquisição da startup de educação MedRoom, voltada à graduação em Medicina. Dessa maneira, o acordo de compra e venda foi realizado por meio da subsidiária Brasil Educação e a operação não teve valor revelado.

Além disso, de acordo com o comunicado, a MedRoom constrói objetos educacionais e ambientes de simulação em realidade virtual e realidade aumentada para o ensino da saúde.

Às 11h39, a Anima ia na contramão do mercado e subia 2,69%.

CSN (CSNA3) irá religar alto forno após crescimento da demanda

A CSN irá religar o Alto Forno 2, em Volta Redonda, Rio de Janeiro, após paralisação temporária devido os impactos da Covid-19, mostra fato relevante enviado ao mercado nesta quinta-feira (19).

Assim, segundo a empresa, a retomada visa a adequação da produção de aço à demanda do mercado. Por fim, o forno tem capacidade nominal de 1,5 milhão de toneladas anuais.

Quer saber onde investir? Reunimos os melhores especialistas do mercado em um só lugar, para você comparar e decidir onde investir! Acesse agora.

Hapvida (HAPV3) aprova desdobramento das ações na razão de 5 para 1

A Hapvida aprovou o desdobramento das ações de emissão da Companhia, na proporção de 5 ações ordinárias para cada ação da mesma espécie, sem modificação do capital social.

Dessa forma, para cada ação ordinária de sua titularidade, o acionista receberá mais 4 ações da mesma espécie, ficando, ao final, com 5 ações ordinárias.

CVC (CVCB3) alonga prazo de dívidas

A CVC concluiu o processo de reestruturação de dívidas oriundas da 2ª,3ª e 4ª emissões públicas de debêntures, cujo valor totaliza R$ 1,5 bilhão, com restrição no pagamento de dividendos.

Portanto, entre as medidas tomadas estão o alongamento parcial da dívida de curto prazo relacionada a 2ª emissão pública de debêntures (CVCB12) de 21 de novembro de 2020 para 21 de novembro de 2021.

Fonte: Necton, Terra Investimentos

A principal referência do mercado financeiro

Aqui no Acionista você tem a oportunidade de ler, comparar e decidir.

Trabalhamos em prol do investidor, aproximando em apenas um local diversas opiniões, sugestões e expectativas para o mercado.

Tempo é dinheiro. Poupamos seu tempo para que você foque no dinheiro.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também