Publicidade
Publicidade
Publicidade

China aprova plano para desenvolver regras para setor de fintech

Data da publicação

“O Estado de S. Paulo” é o mais antigo dos jornais da cidade de São Paulo ainda em circulação . Em 4 de janeiro de 1875, ainda durante o Império, circulava pela primeira vez “A Província de S. Paulo” – seu nome original.

Data da publicação

O presidente da China, Xi Jinping, aprovou um plano para padronizar e desenvolver regras para o setor de pagamentos de tecnologia financeira (fintech) após uma reunião do alto escalão, sinalizando um alívio do escrutínio regulatório no setor, segundo a agência de notícias estatal chinesa Xinhua.

A principal função de empresas de fintech será servir a economia real, e autoridades locais irão fortalecer a supervisão de firmas de pagamentos e de suas atividades financeiras, segundo reunião liderada por Xi na quarta-feira, 22.

Publicidade

Pequim vai procurar aperfeiçoar a regulação do setor, compensar deficiências de inspeção e prevenir riscos financeiros sistêmicos, informou a Xinhua.

Desde o ano passado, o governo chinês endureceu a postura em relação a empresas de internet, como a Alibaba, alegando que o gigante do comércio eletrônico obteve grandes retornos com empréstimos originados sem assumir riscos suficientes.

Na mesma reunião, Xi Jinping também prometeu construir um sistema de dados de infraestrutura e garantir a segurança de dados nacionais.

Autor

“O Estado de S. Paulo” é o mais antigo dos jornais da cidade de São Paulo ainda em circulação . Em 4 de janeiro de 1875, ainda durante o Império, circulava pela primeira vez “A Província de S. Paulo” – seu nome original.

Receba informações do mercado financeiro no seu celular gratuitamente

Compartilhe esse post nas suas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Você pode se interessar por

Publicidade

Leia também

Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Publicidade
Publicidade

Telegram Acionista

Os principais destaques do mercado! A melhor cobertura.

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.