Chegou o Dia D. É hora de negociar.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Negociar é preciso. A práxis política recomenda a negociação permanente. Dentro da democracia – em que o pensamento é plural – os interesses de diferentes grupos precisam ser avaliados, discutidos, acomodados (ou rejeitados, vistos caso a caso). Se determinada pauta é legítima, ou vá contemplar a maioria do povo, é uma outra discussão, mas o diálogo, a negociação são instrumentos para se estabelecer rumos.

Nesta semana, que ora se inicia, deveremos ter definido o novo presidente da Câmara dos Deputados; ao menos nos bastidores. A confirmação, juntamente com os demais cargos da Mesa, ocorrerá somente em fevereiro mas, por esses dias, queimam-se os últimos cartuchos. Embora o regime político seja o presidencialista, o habilidoso Rodrigo Maia mostrou que na prática não é exatamente assim que acontece no Brasil. O Senado e, em particular, a Câmara dos Deputados são protagonistas.  

Com a espada de Dâmocles pairando sobre a sua cabeça (leia-se 61 pedidos de impeachment que Rodrigo Maia recebeu e os deixou em estratégico banho-maria), o presidente da República se obriga a negociar, ainda que este não seja o seu forte. Arthur Lira (PP-AL) é o nome por ele apoiado para comandar a “Casa do Povo” e Baleia Rossi (MDB-SP), que também atende pelo nome de Luiz Felipe, é o forte candidato de oposição, apadrinhado por Maia. Existem outros recém-lançados, mas aparentemente só marcam posição.

O jogo de xadrez está em curso, porque o próximo mandatário cuidará não só dos pedidos de impeachment contra Bolsonaro (o que já não é pouca coisa), mas das reformas que a economia tanto reclama. Em tom de blague – como tem sido a sua marca, aliás –, JB disse outro dia que o país estava quebrado. Seu fiel escudeiro, então, correu aos microfones para tentar explicar que não era bem assim. O fato é que o novo presidente da Câmara Federal vai ter muito trabalho à frente.

Já no prédio vizinho as coisas parecem melhor acomodadas. O mineiro bom de gogó, Rodrigo Pacheco, parece o indicado a levar a presidência do Senado. Ele, pelo DEM, e o Baleia pelo MDB, equilibrariam a questão político-partidária nas duas Casas que compõem o Congresso. Se vingar o DEM nas duas, por incrível que pareça, Bolsonaro ficará ainda mais refém do Centrão e a economia dos seus caprichos. Resolvido isto, os senhores congressistas precisam, necessariamente, se articular para uma outra batalha: o que fazer com o atual chanceler que apoiou abertamente a candidatura do presidente derrotado nos Estados Unidos? A escolha é do presidente da República, sabe-se, mas neste escamoteado parlamentarismo o Congresso vai ter de comparecer.

OXI…

A incúria das chamadas “autoridades constituídas”, quer no âmbito federal, quer no estadual e no municipal, provocando o caos sanitário em Manaus, mostrou um outro lado ao país que já está se acostumando com o deixa-prá-lá.

Alguns artistas e “celebridades” meteram a mão na massa e partiram para dar um socorro, imediato, às famílias de doentes que correm risco de morrer asfixiados – literalmente isto, com a falta de oxigênio.

… GÊNIO

A AMBEV anunciou doação de 500 cilindros de oxigênio para a capital do Amazonas. E a repercussão nas redes sociais tem sido notável, inversamente proporcional ao que se diz dos responsáveis pela calamidade.

Os duros acontecimentos de Manaus podem se repetir noutras praças. Seria a chamada “tragédia anunciada”. Em agosto passado lembrem-se que diante das denúncias de desorganização do sistema de saúde no Rio, surgiram os “guardiões do Crivella” – prosaicos leões-de-chácara do então prefeito dispostos a impedir a imprensa de mostrar o que acontecia.

Não será com arruaças e tosca valentia em via pública que se resolverá o caos da saúde no Brasil. Mais que solidariedade, é preciso chamar os mandatários à responsabilidade. Troca o pano. Agora vamos à vacina, porque o vírus não espera, tampouco negocia.

BIOLÓGICAS

Empresa líder em gestão ambiental, a Ambipar teve uma “explosão” nos atendimentos emergenciais de desinfecção devido ao coronavírus, desde abril passado. A Ambipar Response, unidade de negócios especializada em emergências, com expertise em gerenciamento de crises químicas e biológicas que afetam a saúde, meio ambiente e o patrimônio, só vê sua receita crescer nos três últimos trimestres e, por isso mesmo, deverá consolidar o balanço com altos números.

“Conseguimos nos estruturar durante a crise do Covid-19 e transformamos o que seria um problema para a maioria das empresas em uma oportunidade de negócios”, comentou Thiago Silva, CFO da companhia.

THE QUEEN

O governo do Reino Unido foi o primeiro a contratar a Ambipar para atuar contra o COVID-19 na desinfecção da aeronave WAMOS, usada para evacuar cerca de 200 cidadãos britânicos e estrangeiros de Wuhan em voo fretado para o Reino Unido, em meados de fevereiro último. Os ônibus utilizados durante a transferência dessas pessoas para suas respectivas cidades também passaram pelo mesmo processo.

A equipe de desinfecção de ambientes da Ambipar trabalhou em colaboração com várias entidades do governo britânico.

BONDS

A Marfrig comunicou o mercado que a sua subsidiária MARB BondCo PLC. concluiu, dia 14 último, uma oferta no exterior de bônus (bonds), no valor total de US$ 1,5 bilhão. 

A emissão teve demanda 4,5 vezes superior à oferta. Com vencimentos em 2031, os bonds foram emitidos com taxa de juros de 3,95% a.a., menor valor histórico da Companhia. 

A operação recebeu classificação de risco em moeda estrangeira  de “BB-“ pela Standard & Poors (“S&P”) e “BB “pela Fitch Ratings. 

PORTOS

Em conversa com a coluna, o advogado Larry Carvalho (que também atua como árbitro em litígios junto ao transporte marítimo) prevê movimentação superior a R$ 30 BI no setor portuário, até o final de 2022.

Animado com as perspectivas de negócios, o profissional vê o Ministério da Infraestrutura com o maior programa de concessões do mundo, tendo a previsão de R$ 264 BI em investimentos.

“A Lei dos Portos (12.815) foi fundamental para o avanço do arrendamento de terminais portuários no Brasil”, disse, lembrando que o governo deverá assinar 60 contratos de adesão de terminais de uso privado nos próximos 20 meses.

DEBÊNTURES

O Conselho da Sul América aprovou a oitava emissão de debêntures simples, não conversíveis, em duas séries. A emissão, de 700.000 debêntures com valor unitário de R$ 1.000,00, perfaz total de R$ 700 milhões.

Os papéis serão objeto de oferta pública e terão vencimento em 01/02/24 e em 01/02/26, respectivamente.

TROCA

Há 37 anos na Sul América, Gabriel Portella Fagundes Filho deixará a presidência executiva no próximo 29 de março. Para o seu lugar o Conselho nomeou Ricardo Bottas Dourado dos Santos, atual VP de Controle e de Relações com Investidores.    

ENCONTRO

O Encontro Internacional de Relações com Investidores e Mercado de Capitais, historicamente apoiado pelo Portal Acionista, tem a sua 22ª edição confirmada para os dias 28 e 29 de junho próximo, em São Paulo.

Organizado pela Associação Brasileira das Cias. Abertas (Abrasca) e pelo Instituo Brasileiro de Relações com Investidores (IBRI), o Encontro foi substituído por evento online (1º Web Summit RI&Mercado de Capitais), no ano passado, em razão da Covid-19.

ITAÚSA

AGO da Itaúsa está agendada para o dia 30 de abril, às 11h.

M.DIAS  

A M. Dias Branco marcou sua Assembleia Geral Ordinária para o dia 30 de abril próximo, às 9h, em sua sede.

IRB

IRB-Brasil Resseguros anunciou sua AGO para o dia 29 de março próximo. Informa, ainda, que seu calendário de eventos 2021 está atualizado, no site da companhia.

BRA

O Banco Bradesco, por meio de seu Conselho de Administração, nomeou Paulo Roberto Simões da Cunha para compor o órgão. Ele é o terceiro independente naquele Conselho. Conforme legislação, seu nome precisa ser homologado pelo Banco Central.

FIEMA

A Feira de Negócios, Tecnologia e Conhecimento em Meio Ambiente (Fiema) anunciou nova data para a sua 9ª edição: dias 9, 10 e 11 de maio de 2023. O recrudescimento da Covid-19 levou ao adiamento, do ano passado para este e agora para 23.

Entidade promotora da Fiema Brasil, a Fundação Proamb completa, 30 anos de atividades, estando consolidada como líder em soluções ambientais no Rio Grande do Sul.

Se inscreva para ser notificado quando um novo post for publicado.

Além de diversos conteúdos do mercado financeiro em um lugar para você ler, comparar e decidir.

Nelson Tucci

Nelson Tucci

Repórter em veículos como Folha de S.Paulo e O Estado de S.Paulo, atuou também como apresentador do programa ECO Negócios, na ECO TV. É MBA em Comunicação e Relações com Investidores e diretor na Virtual Comunicação.

Você pode se interessar por

Publicidade

Receba notícias pelo Telegram

Leia também

Tire dúvidas sobre investimentos

Últimas atualizações sobre

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Fique por dentro

Se inscreva para ser notificado quando um novo post for publicado.

Além de diversos conteúdos do mercado financeiro em um lugar para você ler, comparar e decidir.

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.