Campos Neto: volatilidade cambial também preocupa o BC, mas tende a diminuir

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, disse nesta quinta-feira, 3, que a volatilidade cambial preocupa, mas tende a se atenuar à medida que o Brasil convencer o mercado do compromisso com as reformas e responsabilidade fiscal. “Gostaria de ter uma volatilidade menor. Acho que vai caminhar a esse ponto”, comentou o presidente do BC numa live com o empresário Abílio Diniz. “Começo a acreditar que a volatilidade vai cair”, disse.

Campos Neto observou que as intervenções do BC são limitadas para estabilizar o câmbio, citando que interferências por meio de opções e bandas não tiveram tantos resultados no exterior.

Ele atribuiu a volatilidade mais recente da moeda aos juros na mínima histórica, a mudanças nas negociação de contratos em real, com mais investidores fazendo trades curtos em contratos mini de moeda, e ao fato de fundos de investimento e de pensão da América Latina estarem negociando mais em moeda brasileira.

“A volatilidade tende a se atenuar na ausência de fatores que levam a crises”, comentou o presidente do BC.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também