Publicidade

Câmara aprova PL que restringe competição em transporte rodoviário de passageiros

Data da publicação

“O Estado de S. Paulo” é o mais antigo dos jornais da cidade de São Paulo ainda em circulação . Em 4 de janeiro de 1875, ainda durante o Império, circulava pela primeira vez “A Província de S. Paulo” – seu nome original.

Data da publicação

A Câmara aprovou nesta quarta-feira, 15, um projeto de lei que muda as regras do transporte rodoviário interestadual e pode, na prática, frear a concorrência no setor. Foram 394 votos a favor, 45 contra e 1 abstenção. Todos os destaques (sugestões de alteração do texto) foram rejeitados. A proposta passou no Senado no fim do ano passado. No entanto, como os deputados fizeram mudanças no texto, voltará para análise dos senadores.

Em seu parecer sobre o projeto, o relator na Câmara, o deputado Hugo Motta (Republicanos -PB), manteve um artigo que deverá restringir a entrada de novas empresas no mercado, mas retirou outras partes polêmicas.

Publicidade

“Escutamos todos os atores envolvidos na matéria, as associações, representantes de aplicativos, os intermediários, sempre dizendo que o texto seria o mais equilibrado possível. Procuramos também conversar com governo, ANTT, com atores que vão operar o que o Congresso decidir. Nós angariamos apoio ao relatório de praticamente todos esses setores”, disse Motta.

Segundo o relator, houve um acordo com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, para que a matéria seja sancionada integralmente, e com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), para que o Senado não altere o texto aprovado pela Câmara.

Autor

“O Estado de S. Paulo” é o mais antigo dos jornais da cidade de São Paulo ainda em circulação . Em 4 de janeiro de 1875, ainda durante o Império, circulava pela primeira vez “A Província de S. Paulo” – seu nome original.

Informações + Recomendações de investimentos em um só lugar

Compartilhe esse post nas suas redes!

Você pode se interessar por

Publicidade

Leia também

Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Publicidade

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.