Publicidade
Publicidade
Publicidade

BTG mantém 3R Petroleum (RRRP3) e CBA (CBAV3); Veja a análise

Data da publicação

Foto Reprodução: Pixabay

Confira a análise do BTG e veja porque os ativos foram mantidos na carteira mensal de Small Caps. A carteira tem como objetivo capturar as melhores oportunidades e performances do mercado.

BTG mantém 3R Petroleum (RRRP3) e CBA (CBAV3)

3R Petroleum (RRRP3)

“Estamos mantendo a RRRP no portfólio. A empresa simboliza o renascimento da revitalização dos ativos petrolíferos onshore e de águas rasas e, como um dos poucos players listados no segmento, oferece valor de escassez” Afirmam os analistas do BTG.

Publicidade

Na opinião dos analistas, a empresa também oferece menor risco de execução do que sugere sua curta vida útil de aproximadamente 2 anos.

Ao focar na produção e não na exploração, e apostando em técnicas convencionais de revitalização que já estão bem fundamentadas em toda a indústria de petróleo, a RRRP deve ser sobre a execução do básico. Além disso, um custo de produção já baixo implica em um portfólio resiliente mesmo sob preços de petróleo mais baixos.

Como um dos nomes mais baratos do setor de Petróleo & Gás da América Latina e com um bom potencial de crescimento da produção nos próximos 5 anos, os analistas do BTG acreditam que o risco/retorno do 3R é assimétrico para o lado positivo.

É uma boa opção para aqueles investidores que procuram exposição a fortes preços do Brent com exposição reduzida a riscos políticos. Em suma, depois de entregar uma estratégia de M&A bem-sucedida apoiada por múltiplos de entrada muito baixos, a RRRP agora também está pronta para embarcar em uma nova fase de crescimento orgânico.

Espera-se que a empresa comece a operar muitos de seus clusters recentemente adquiridos nos próximos 6 meses, o que a equipe de analistas acredita ser um dos principais aspectos que podem contribuir para reduzir ainda mais o risco do investimento.

CBA (CBAV3)

“Estamos mantendo a CBA em nosso portfólio, pois vemos o papel como um dos principais beneficiados das tendências globais de descarbonização e transição energética sob nossa cobertura, tanto de curto quanto de longo prazo” Afirmam os analistas do BTG.

Publicidade

Os preços do alumínio estão atualmente em ~US$ 3.100/t (aumento de ~50% a/a), após uma série de interrupções/restrições de fornecimento nos últimos meses (conflito Rússia/Ucrânia, restrições de energia na Europa, crise de energia na China), enquanto a demanda global permanece sólida.

A longo prazo, à medida que a China avança com sua agenda de descarbonização, limitando a produção de alumínio a 45Mtpa, os analistas do BTG esperam que os mercados se movam continuamente para déficits estruturais – os preços podem continuar subindo.

A CBA se diferencia por utilizar 100% de fontes renováveis de energia em seu processo produtivo – pronta para capitalizar a tendência futura de descarbonização global.

Esta é uma das ações temáticas mais interessantes sob a cobertura do BTG, com uma indústria baseada em anos de excesso de oferta e baixos retornos para uma realidade muito mais saudável estruturalmente.

“A CBA é negociada a ~3,5x EV/EBTIDA 22, um desconto não merecido de 30-40% aos pares, em nossa opinião” Dizem os analistas.

Descubra quais são as principais recomendações dos analistas

Receba informações do mercado financeiro no seu celular gratuitamente

Compartilhe esse post nas suas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Você pode se interessar por

Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Publicidade
Publicidade

Telegram Acionista

Os principais destaques do mercado! A melhor cobertura.

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.