Brasil e Alemanha firmam acordo para apoiar agropecuária sustentável

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Receba notícias por Whatsapp

Receba notícias pelo Telegram

Os governos do Brasil e da Alemanha firmaram acordos de cooperação técnica e financeira para incentivar o desenvolvimento sustentável, informa o Ministério da Agricultura. Conforme a pasta, o aporte financeiro deve ser de 81,9 milhões de euros do governo alemão, sendo 40,4 milhões para projetos vinculados ao Ministério da Agricultura.

Os recursos deverão ser aplicados em bioeconomia (14 milhões de euros), proteção florestal, recuperação ambiental e reflorestamentos em pequenas propriedades rurais na Mata Atlântica (13,1 milhões), inovação nas cadeias produtivas da agropecuária na Amazônia (7,5 milhões) e implementação do Cadastro Ambiental Rural (5,8 milhões).

Representantes dos dois países reuniram-se, de 27 e 29 de novembro, no Ministério Alemão para Cooperação Econômica e Desenvolvimento (BMZ) em Bonn.

O secretário-adjunto de Comércio e Relações Internacionais do Ministério, Flávio Bettarello, disse que essas negociações sobre a cooperação bilateral ocorrem a cada dois anos e que os encontros não são focados “apenas na arrecadação de recursos financeiros e na cooperação técnica”, mas também para “o alinhamento da visão sobre como os países podem trabalhar juntos”.

Segundo o Ministério, esta é a primeira reunião do grupo durante o governo Jair Bolsonaro e que conta com a presença do Ministério da Agricultura brasileiro.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email