Boletim Focus – Nesta semana destaque para a redução da inflação e PIB para 2020 e alta do câmbio para 2021

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

Dentre as alterações contidas no Boletim Focus desta segunda-feira (17/fevereiro), destaque para a redução do IPCA (a 7ª consecutiva), redução do PIB, e manutenção para os demais indicadores. Olhando 2021 ressalte-se a alta do câmbio pela 3ª vez consecutiva.

Inflação

Olhando o Boletim Focus desta semana, a mediana das expectativas aponta para um IPCA de 2020 em 3,22%, com queda em relação a 3,25% da leitura anterior. Imaginamos que esta sétima redução consecutiva esteja em linha com a divulgação do IPCA de janeiro de 2020, com inflação de 0,21% desacelerando ante 1,15% de dez/19 e acumulando alta de 4,19% nos últimos doze meses. Já nas atualizações dos últimos 5 dias úteis, o IPCA subiu de 3,21% para 3,22% (em linha com o indicador estimado para 2020. Para 2021 a mediana das estimativas para o IPCA foi mantida em 3,75%.

Meta Selic

Após a redução da taxa básica de 4,50% para 4,25% em linha com o esperado pelo mercado, e a sinalização do fim do ciclo, a autoridade monetária entende que o atual estágio do ciclo econômico recomenda cautela na condução da política monetária. O Copom destacou que os dados de atividade econômica divulgados desde a reunião anterior indicam a continuidade do processo de recuperação gradual da economia brasileira, e que a inflação está dentro da meta em horizonte relevante. Desta maneira, considerando os efeitos defasados do ciclo de afrouxamento iniciado em julho de 2019, o Copom vê como adequada a interrupção do processo de flexibilização monetária.

O Comitê enfatiza que seus próximos passos continuarão dependendo da evolução da atividade econômica; do balanço de riscos e das projeções e expectativas de inflação, com peso crescente para o ano-calendário de 2021. Nesse contexto a expectativa para a Selic em 2020 foi mantida em 4,25% pela 3ª vez consecutiva. Para 2021 a Meta Selic foi mantida em 6,00%.

PIB

O Índice de Atividade Econômica (IBC-Br) do Banco Central, considerado uma “prévia” do resultado do Produto Interno Bruto (PIB), divulgado na sexta-feira (14/fev) apontou um crescimento de 0,89% para a economia brasileira em 2019, abaixo de 1,12% esperados. Nesse contexto, a mediana das estimativas foi reduzida de 2,30% para 2,23% para 2020 e mantida em 2,50% para 2021. O PIB de 2019 será divulgado pelo IBGE em 4 de março de 2020.

Dólar

A taxa de câmbio foi mantida em R$ 4,10 em 2020 e elevada de R$ 4,10 para R$ 4,11 para 2021.

Produção industrial

A mediana do agregado para a produção industrial foi mantida em 2,33% em 2020 e em 2,50% para 2021.

Destaques do Boletim Focus publicado nesta segunda-feira, para 2020:

IPCA: 3,22%

IPCA (atualização dos últimos 5 dias): 3,22%

PIB: 2,23%

Taxa de câmbio: R$ 4,10

Meta Selic: 4,25%

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também

Leia também

Conheça o Painel Acionista: em um só lugar tudo o que você precisa saber sobre investimentos