Bitcoin cai, institucionais compram e mais US$100 mi entram no mercado

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Baleia ao lado de moeda e gráfico do bitcoin

O bitcoin continua com dificuldades de se manter acima dos US$50 mil, com queda de -3% nas últimas 24 horas enquanto a correlação com o mercado tradicional só aumenta.

A criptomoeda chegou a cair para os US$46 mil em algumas exchanges, mas se recuperou e agora é negociado acima dos US$48.000,00 com o preço no Brasil a US$274.300,00 com alta de 1,83% na última hora:

Marketcap principais moedas do mercado

[Temos um] suporte muito forte em US$ 47 mil – cerca de 500.000 BTC foram movidos nesse nível“, observou Schultze-Kraft (CEO da Glassnode). “É importante que a seguremos; caso contrário, poderíamos ver abaixo 40 mil rapidamente antes dos próximos movimentos de alta.”

Como podemos ver no Coingolive, nem todo o mercado está em queda. Além das stablecoins, a XRP sobe 2,34% com as declarações de Garlinghouse (CEO da Ripple Labs) sobre a continuidade dos negócios na Ásia apesar do processo da SEC:

Isso (o processo judicial) tem dificultado a atividade nos Estados Unidos, mas não impactou realmente o que está acontecendo para nós na Ásia-Pacífico. Conseguimos continuar a crescer os negócios na Ásia e no Japão porque tivemos clareza regulatória nesses mercados. Estamos vendo que a atividade de liquidez XRP cresceu fora dos Estados Unidos e continua a crescer na Ásia, certamente no Japão” – disse o CEO da Ripple durante entrevista para a Reuters.

O processo da Ripple está na fase de descoberta das provas, este desenrolar pode gerar muita volatilidade e oportunidades no mercado. É bom ficar de olho e entrar no canal exclusivo do Cointimes no Telegram.

Institucionais continuam comprando na queda:

Esta queda recente do bitcoin abriu a oportunidade de compra para grandes investidores. A atividade no blockchain do bitcoin sugere que os institucionais continuam comprando. Dados da CryptoQuant mostraram a saída de 12 mil BTCs da Coinbase no começo na madrugada de hoje:

BTC saída na Coinbase PRO

E o apetite  parece não ter fim. Apenas na última hora as stablecoins USDC e USDT criaram juntas quase US$50 milhões, se somarmos os 58 milhões de BUSD criados nessa madrugada teremos quase 100 milhões com potencial de compra entrando no mercado.

Whlae Alert

Estes novos investidores suportam as volatilidades do mercado de criptoativos, segundo Ki-Young Ju (CEO da CryptoQuant).

“Parece que a maioria das instituições dos EUA não vendeu nenhum Bitcoin desde suas compras de OTC. Por exemplo, as carteiras de custódia da Coinbase desde 23 de dezembro de 2020 [mostram que] nenhum BTC se moveu desde então.”, afirmou Ki-Young.

O conteúdo Bitcoin cai, institucionais compram e mais US$100 mi entram no mercado apareceu primeiro em Cointimes.

O post Bitcoin cai, institucionais compram e mais US$100 mi entram no mercado apareceu primeiro em 1 Bilhão Educação Financeira.

Receba conteúdos diariamente por e-mail

1Bilhão Educação Financeira - Gueratto

1Bilhão Educação Financeira - Gueratto

Matérias por 1Bilhão - Educação Financeira; Fabrizio Gueratto; e Gueratto Press.

Você pode se interessar por

Publicidade

Receba notícias pelo Telegram

Leia também

Tire dúvidas sobre investimentos

Últimas atualizações sobre

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.