BC do Japão diz que não hesitará com medidas de relaxamento adicionais

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

O presidente do Banco do Japão (BoJ), Haruhiko Kuroda, afirmou que a autoridade monetária “não hesitará em tomar medidas de relaxamento adicionais se necessário”, em meio à crise econômica provocada pelo coronavírus. Em discurso em seminário virtual, Kuroda explicou que as taxas de juros devem permanecer “nos níveis atuais ou menores” em curto e longo prazo.

“A tarefa de maior prioridade no momento é conter a disseminação da covid-19 assim que

possível e proteger empregos, empresas e os meios de subsistência das pessoas até que isso aconteça”, salientou ele.

Kuroda revelou que, apesar das dificuldades impostas pela pandemia, o BoJ segue comprometido com a meta de elevar a inflação a 2%. “Com o impacto da propagação do coronavírus diminuindo no Japão e no exterior, é provável que a taxa de inflação aumente gradualmente com a melhora da economia. Embora isso leve tempo, não há mudança na posição do Banco de alcançar o objetivo de meta de estabilidade de preços”, disse.

O dirigente também pontuou que considera de “extrema importância” manter as condições financeiras acomodatícias para garantir estabilidade econômica.

Segundo ele, há o risco de que haja uma deterioração da conjuntura. Embora esse risco não seja considerado significativo neste momento, é necessário prestar muita atenção aos desdobramentos futuros”, afirmou.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também

Conheça o Painel Acionista: em um só lugar tudo o que você precisa saber sobre investimentos